RS RSS Geral Mato Leitão

IPTU com 20% de desconto em cota única em janeiro

 IPTU pode ser parcelado em três vezes, sem desconto (Foto: Reprodução/Google)
IPTU também pode ser parcelado em três vezes sem desconto (Foto: Reprodução/Google)

O calendário de pagamento do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) começou nesta terça-feira (02). A primeira etapa oferece aos contribuintes um desconto de 20% no pagamento do tributo em cota única. Os carnês devem ser retirados no Setor de Tributos.

A Prefeitura está emitindo 1.440 boletos, sendo 893 prediais e 547 territoriais. O pagamento à vista, em cota única, terá três faixas de descontos: 20%, 15% e 10%. Outra possibilidade é o parcelamento também em três vezes, sem desconto a partir de abril.

A partir deste mês passa a valer a obrigatoriedade da cobrança da Taxa de Coleta de Lixo (ver faixas box) para todos os proprietários de imóveis, tanto na cidade como interior. As guias do IPTU e Taxa de Coleta de Lixo devem ser retiradas pelos moradores diretamente na Prefeitura. A quitação da Taxa de Lixo segue as mesmas regras, com datas e descontos no pagamento à vista, definidos no calendário do IPTU.

A obrigatoriedade da taxa de lixo segue determinação legal abrangendo todos os moradores que dispõe deste serviço tanto na cidade como interior. Os ajustes foram feitos por ocasião da elaboração do novo Código Tributário Municipal, aprovado na Câmara de Vereadores em setembro e que passa a vigorar a partir do próximo ano.

IPTU 2018

Cota única:

-31 de janeiro com 20% desconto

-28 de fevereiro com 15%

-29 de março com 10%

– parcelado em três vezes, sem desconto: vencimentos em 30 de abril, 31 de maio e 30 de junho

Valores para o lixo

Zona urbana:

– residencial até 50m²/ano: R$ 40,63;

– residencial 50,01 a 100m²/ano: R$ 60,95;

– residencial 100,01 a 200m²/ano: R$ 84,65;

– residencial acima de 200,01m²/ano: R$ 128,67;

– não residencial até 100m²/ano: R$ 118,51;

– não residencial de 100,01 a 300m²/ano: R$ 186,24;

– não residencial de 300,01m² a 700m²/ano: R$ 270,89;

– não residencial acima de 700,01m²/ano; R$ 440,19;

Zona Rural:

– residencial/ano: R$ 27,09;

– não residencial/ano; R$ 67,72.

Texto: Ascom Mato Leitão