Economia Rural Marques de Souza

Irrigação por Gotejamento é tema de Tarde de Campo em Marques de Souza

Tarde de campo sobre Irrigação por Gotejamento mostrou sistema que está sendo entregue à 10 produtores do município

A propriedade do agricultor Almir Kehl, da comunidade de Linha Atalho, em Marques de Souza, foi o local escolhido para a realização de uma tarde de campo sobre Irrigação Por Gotejamento na última sexta-feira (22/03). A atividade, promovida pela Emater/RS-Ascar e Prefeitura ,teve o objetivo de fazer uma demonstração de um sistema de aguagem deste tipo, que possibilita a irrigação de hortaliças diversas sem desperdício de recursos naturais e com mais economia para o produtor.

O evento teve relação direta com o Programa de Irrigação de Hortas Doméstico-Comerciais em Pequenas Propriedades da Agricultura Familiar do Governo do Estado, que destina kits de irrigação por gotejamento para áreas de 1000m², destinadas a produção de hortigranjeiros para o autoconsumo, com eventual comercialização de excedente em feiras de produtores ou para a merenda escolar. No Vale do Taquari, os municípios de Marques de Souza e Estrela estão recebendo 20 kits – 10 para cada município -, que totalizam um investimento de R$ 40 mil.

“A intenção do programa é a de estimular agricultores para que estes disponham de alimentos de qualidade, que garantam a segurança e a soberania alimentar e o estímulo para a sucessão rural das famílias envolvidas”, salienta o extensionista da Emater/RS-Ascar de Marques de Souza, Diego de Oliveira. Oilveira explica que o próximo passo será o de organizar uma feira municipal com o envolvimento das 10 famílias contempladas com kits de irrigação em Marques de Souza – meta que deve ser alcançada até o final do ano.

Palestra com o extensionista Lauro Bernardi apresentou aos participantes os segredos de uma feira de sucesso

Além de apoiar financeiramente o programa, a Prefeitura de Marques de Souza destina dois estagiários do curso Técnico em Agropecuária do Colégio Teutônia para auxiliar no trabalho de implantação das caixas da água, bombas, filtros e encanamentos do sistema, que possibilitam uma rega de 30 mil litros por semana. Por “coincidência”, o estagiário que atende a propriedade de Almir é o seu filho, Marlon Kehl. “Algo que para mim é motivo de orgulho e alegria”, destaca Almir.

Para ele, o sistema de irrigação é um belo pontapé inicial para o começo de uma horta. “A gente sabe que a questão da água pode ser um problema e se ela já está resolvida de saída, tanto melhor”, afirma. Produtor de bovinos de leite e de aves, acredita no cultivo de hortaliças como uma alternativa mais acessível para os agricultores. “É uma forma de diversificar”, avalia. Para Marlon, de 18 anos, os investimentos feitos na propriedade são parte de um sonho realizado. “Pretendo continuar na propriedade, sempre buscando modernizar os processos para que os investimentos possam ter melhor resultado”, pontua.

A tarde de campo foi finalizada com palestra sobre constituição de feiras municipais, ministrada pelo assistente técnico regional em Sistema de Produção Vegetal da Emater/RS-Ascar, Lauro Bernardi. Além de conceituar as feiras como “espaços democráticos de celebração da vida e da cultura local e de contato direto entre produtor e consumidor final”, Bernardi apresentou os segredos de uma feira de sucesso – que podem estar relacionados desde a forma de organização dos agricultores até a apresentação dos produtos nas bancas.

O evento contou com a participação de autoridades, como o prefeito de Marques de Souza, Edmílson Dörr e o gerente regional da Emater/RS-Ascar, Marcelo Brandoli. Para Brandoli, a entrega de kits de irrigação para o município é uma oportunidade para que a comunidade invista em outros cultivos. “É uma tecnologia conquistada por meio do trabalho em parceria, que vem para facilitar o processo de implantação de pequenas hortas no município”, reforçou o gerente regional.

 

 

Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar – Regional de Lajeado