Solidariedade Alimentação Lajeado

Jornada AlimentaAção 2019 acontece de 05 a 08 de agosto no Hotel Weiand

A 3ª Jornada Técnica do Setor Alimentício – AlimentaAção 2019 – constitui-se em valiosa oportunidade de capacitação para empresários e profissionais e de negócios para as empresas da forte cadeia produtiva do segmento.

A Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil), o Grupo Técnico de Alimentos (GTA) e Agea Marketing e Comunicação realizam, de 05 a 08 de agosto, a Jornada Técnica do Setor Alimentício 2019 – AlimentaAção, que é integrada pelo XVIII Workshop em Alimentos, Seminário do Leite e Derivados e o Meeting Empresarial.
Coordenada por Gilberto Soares e Tânia Gräff, a Jornada ocorre no Hotel Weiand, em Lajeado, e será composta por palestras, oficinas e exposição de fornecedores para a indústria de alimentos. A seguir, os coordenadores esclarecem questões sobre os eventos.

Qual o objetivo da Jornada?
Jornada AlimentaAção (JA) – O objetivo da Jornada é reunir empresas de alimentos e fornecedores para a indústria do segmento em um único espaço para adquirir conhecimento e a realizar negócios. A meta também é associar o potencial da região ao seu reconhecimento como Vale dos Alimentos.

Quais os públicos-alvo do evento?
(JA) – O Workshop em Alimentos traz um seleto grupo de profissionais para o Vale do Taquari com temas variados – qualidade, inovação, pesquisa e desenvolvimento, legislação etc. O evento proporciona a interação entre pessoas que atuam na produção de alimentos – técnicos, fornecedores de ingredientes, profissionais de supermercados, lojas de conveniência, farmácias, confeitarias, restaurantes, estabelecimentos de produtos naturais. O Seminário do Leite e Derivados abordará as implicações das novas instruções normativas e autocontroles. Já o Meeting, voltado para empresários, tem três temas dominantes: comportamento de mercado diante das administrações de Eduardo Leite e Jair Bolsonaro; tendências mundiais para a indústria de alimentos e eficiência energética.

Quais as oportunidades para as empresas do segmento?
(JA) – Há um cenário promissor para empresas ligadas às novas tendências. Produtos com redução de sódio, açúcar, glúten, lactose movimentam bilhões de dólares por ano. Essa nova produção também leva em conta sabor, praticidade, qualidade, segurança alimentar e ética. Quem ofertar produtos assim vai conquistar novos mercados.

Qual a realidade da população do século 21 em relação à alimentação?
(JA) – Tecnologia digital, economia globalizada e crescimento populacional são fatores decisivos nas mudanças de hábitos alimentares que contribuem para o avanço de doenças crônicas – diabetes, obesidade, hipertensão, colesterol, intolerâncias alimentares. Hoje, um em cada três adultos no mundo e 41 milhões de crianças com menos de 5 anos estão acima do peso; e mais de 9 milhões de brasileiros acima de 18 anos têm diabetes.

Quais os anseios de consumo desta população?
(JA) – Uma parte está mais crítica, melhor informada e decidida a buscar produtos mais saudáveis. Outra, porém, mantém comportamento que aumentam as doenças crônicas e forçam governos e empresas e mudar padrões e legislações.

Assessoria de Imprensa da ACIL