Segurança RS RSS Destaques Imigrante

Jovens prestam compromisso do PROERD

32 jovens imigrantenses prestaram o compromisso com o PROERD (Foto: Luise Tombini/Divulgação)

O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD) formou 32 jovens imigrantenses na terça-feira, 06 de novembro. No município, o PROERD é organizado pelo Comando Regional de Polícia Ostensiva do Vale do Taquari e pelo 40º Batalhão de Polícia Militar.

As turmas do 5º Ano da Escolas Municipais de Ensino Fundamental Arco-Íris e Santo Antônio participaram, ao longo do segundo semestre, de 10 encontros com o Sargento Valdir Schwarz. O PROERD é a versão brasileira de um programa que surgiu em 1983 nos Estados Unidos. Ele é mais uma ação da Brigada Militar em prol da vida que visa conscientizar jovens sobre os perigos das drogas e da violência.

Os alunos prestaram o compromisso do PROERD que é “prometo resistir às drogas e a violência, para o bem do Brasil, do Rio Grande do Sul e de Imigrante, pelo meu próprio bem e de minha família”.

Ao final dos encontros, os alunos participantes redigiram uma redação sobre o aprendizado que tiveram com o programa. Elas foram avaliadas pelos instrutores e os destaques foram para Lorenza Pelizon Daumling da Santo Antônio e Enzo Jackisch da Arco-Íris que receberam uma lembrança.

O prefeito Celso Kaplan destacou a importância de ações como essa para o desenvolvimento dos jovens. Kaplan disse também estar impressionado com a qualidade das redações apresentadas e que por elas é possível compreender a grande valia que o programa tem no desenvolvimento pessoal dos alunos.

O Secretário Municipal de Educação, Cultura, Desporto e Turismo, David Orling, agradeceu o trabalho realizado pela Brigada Militar em Imigrante e parabenizou os alunos participantes. “O caminho do bem é o caminho da paz e da esperança”, enaltece ele.

Representando o 40º Batalhão de Polícia Militar, o Tenente Edilnei Vandré Gravina, agradeceu a dedicação do sargento Valdir que trabalhou com o jovens. Ele destacou que não é para engrandecer apenas a instituição da Brigada Militar ou do próprio sargento, mas este trabalho realizado impacta diretamente na vida de todas as pessoas, porque entre os jovens ali presentes podem estar futuros prefeito, governador, ou até mesmo um futuro presidente. Mas que para influenciar não é necessário ocupar altos cargos, mas as pessoas podem ser influenciadas pelo bom exemplo.

“Quando alguém tentar influenciar vocês de forma errada, só lembrem do que vocês juraram em frente à comunidade e aos seus pais, lembrem do juramento pelo resto da vida. Se vocês seguirem o que prometeram, vão sair grandes cidadãos”, ressalta o Tenente.

Texto: Ascom Imigrante