Cultura Destaques Forquetinha

Kindertanzfest evidencia a dança alemã

Grupo de dança preserva a história e as tradições germânicas

Município recebe neste sábado grupos de todo estado, no Parque de Exposições

A cultura e as tradições germânicas estarão em evidência no sábado durante o VIII Forquetinha Kindertanzfest. Conforme a professora de Língua Alemã Raquel Rockenbach, as festividades iniciam às 9h, no Parque de Exposições Christoph Bauer.

Estão confirmados nove grupos de todo estado. Na parte da manhã haverá apresentações, seguido de almoço e brincadeiras de integração na parte da tarde. O encerramento está previsto para as 15h.

Segundo Raquel, participam do Grupo de Dança Alemã da Escola Municipal de Ensino Fundamental João Batista de Mello, criado em 2010, em torno de 40 alunos, divididos em três categorias: Infantil (quartos anos) Infanto-juvenil (5º ano) e Juvenil (entre o 6º e 9º ano).

Destaca a dança como ferramenta de ensino, a fim de conhecer, valorizar e preservar a cultura germânica. Nos encontros, através da dança, além de criar novas amizades, integra as famílias nos projetos da escola. “É muito gratificante, nós como escola, trabalharmos para manter essa história viva. Um conjunto de ideias que se concretiza um pouco mais a cada dia, a cada dança, a cada música, que surge com esse propósito: cultura que educa”, enfatiza.

Os ensaios ocorrem no turno da manhã para os alunos do 4º ano. Já nas quartas-feiras, são realizadas as oficinas de dança alemã e teatro, com os estudantes do 5º ao 9º ano.

O prefeito Paulo José Grunewald destaca o empenho em manter viva a história. “Contratamos profissionais para incentivar a participação de mais alunos no grupo. A cultura alemã é um dos nossos atrativos e por ela somos reconhecidos”, conclui.

O evento é promovido pela Escola Municipal de Ensino Fundamental João Batista de Mello, com o apoio da Prefeitura e secretaria de Educação.

Ensino qualificado 

Para a secretária de Educação, Cultura, Turismo e Desporto, Deisi Mathias da Silva, as oficinas de dança são instrumento de socialização e colaboram para formar cidadãos críticos, participativos e responsáveis. “Possibilita aos alunos novas formas de expressão e comunicação, levando-os à descoberta da sua linguagem corporal, que contribuirá para o processo de ensino e aprendizagem, além de preservar a cultura alemã”, destaca.

A secretaria, além de dispor de professor, auxilia na compra de vestimentas e no transporte do grupo em apresentações pelo estado.

Grupos confirmados 

  • Wasser Mühle – Escola São João de Lajeado
  • Grupo de Danças Vollerschwung – Escola Augusto Rucker, de São Pedro do Maratá
  • Grupo Folclórico Alemão Frohsinn – Distrito de Forqueta, de Arroio do Meio
  • Grupo de Teutônia – Teutônia
  • Grupo de danças Alemãs Fröhlicher Kreis – Santa Clara do Sul
  • Grupo Sonnenschein – Nova Petrópolis
  • Grupo Sonnenlicht – Imigrante
  • Grupo Volkstanzgruppe Kappesberg – Salvador do Sul
  • Grupo Freundschaftanz – Sinimbu
  • Grupo Grüner Jäger – Venâncio Aires

 

 

Foto divulgação
Assessoria de Imprensa de Forquetinha