RS RSS Eventos Lajeado

Lajeado Brilha e Feira para Indústria da Confecção são pautas de reunião

Maísa Rasche, junto com a Lume Eventos, apresentou a Confec + aos empresários do comércio Lajeadense (Foto: Simone Rockenbach)

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Lajeado concentra suas ações nesta época do ano no Natal. A reunião de diretoria mensal realizada nesta terça-feira (13) foi de troca de informações e abordagem da programação do Lajeado Brilha 2018, o qual está em sua vigésima edição. O encontro coordenado pelo presidente Heinz Rockenbach tratou da etapa promocional que já está em andamento e a variada programação cultural e artística de dezembro. A entidade também definiu seu apoio à Feira para Indústria da Confecção (Confec +), que vai ocorrer de 15 a 17 de agosto no Parque do Imigrante.

Em relação ao cadastro das seladinhas, Rockenbach destacou as melhorias no sistema que tornaram a participação mais fácil e ágil. Neste ano, basta informar os dados pessoais no primeiro acesso e nos próximos basta informar o CPF, sem senha. A única observação é para quem opta em fazer o procedimento via celular. “Alguns modelos exigem que se digite as teclas parênteses no código de área junto ao espaço do telefone no cadastro, no caso aqui da região (51)”, explicou. Segundo ele, é uma questão técnica, restrita a alguns aparelhos, mas que está recebendo a devida atenção, inclusive com um vídeo explicativo distribuídos às lojas e divulgado no Facebook da CDL Lajeado.

O destaque na parte dos eventos fica por conta da Chegada do Papai Noel e do espetáculo “Miguel e a Lenda Natal”, no dia 24 de novembro na Avenida Piraí. “É um evento imperdível, pensado para os públicos de todas as idades, e que será fantástico”, destacou a diretora executiva da CDL Lajeado, Soraide Graf. Cedelinho, Cortejo de Natal, Pedalando com o Noel e a novidade das Paradas de Natal são atividades confirmadas que vão movimentar a cidade e, por consequência, o comércio.

Confec+

A Confec + foi apresentada aos diretores por Rafael Fontana e Igor da Rosa, da Lume Eventos, e Maísa Rasche, da Moldes Roupas. “Será um evento para atração de negócios para o setor de confecções e o turismo”, resumiu Fontana. A intenção é trazer fornecedores para empresas da região e propiciar um ambiente favorável às indústrias locais mostrarem seus produtos para os lojistas. Ao apresentar números, Maísa observou que é um ramo formado por muitos pequenos negócios e de grande representatividade. Segundo levantamento, no Vale do Taquari há 321 empresas registradas, e no Estado 6.592 atuando como indústria têxtil do vestuário e artefato de tecidos. A CDL Lajeado será uma das apoiadoras dessa primeira edição. “Méritos para a iniciativa. É importante contar com novos projetos que agregam à economia regional e dão visibilidade para a nossa cidade”, salientou Rockenbach.

Texto: CDL Lajeado