Venâncio Aires Economia RS RSS Os Vales em Notícia Destaques Geral

Lançada pedra fundamental da Cosuel

Esforço coletivo viabilizou investimento que irá gerar renda e estimular a sucessão rural

A pedra fundamental que marca as instalações do condomínio avícola da Cosuel foi lançada na sexta-feira, 1º de fevereiro. O encontro ocorreu em Linha 17 de Junho e contou com a participação de produtores rurais, representantes do Executivo, Legislativo, Sicredi e da Cosuel. O condomínio contará com 26 associados e contará com oito pavilhões para alojar 275 mil aves por lote. O investimento, de responsabilidade dos sócios, será de R$ 7,5 milhões. Para viabilizar o empreendimento, o município trabalha desde o início de 2017.

Com apoio do Legislativo e do Conselho Desenvolvimento Rural (COMDER), o Executivo teve condições de adquirir área. Outra contrapartida, foram as obras de terraplanagem para edificação da estrutura. No total, a contrapartida do Município foi de R$ 285 mil. O esforço coletivo foi reconhecido durante a solenidade de descerramento da placa, nas explanações das autoridades.

O Vice-Prefeito, Celso Krämer, aproveitou a oportunidade para destacar o empenho que a Administração Municipal faz para estimular a diversificação de culturas e a sucessão rural. “Essa é uma obra muito grande e vai promover a diversificação de culturas. Nossa Venâncio precisa trabalhar junto com o cooperativismo. É na pequena propriedade que se faz sucessão rural. Eu fico feliz e agradecido, fizemos aqui a maior obra de terraplanagem. Executamos com máquinas próprias, uma das maiores obras já feitas na história do nosso município”, destacou.

O conceito de diversificação também foi abordado pelo Secretário de Agricultura, André Kauffmann. “Estamos trabalhando para impulsionar o crescimento do setor e, para isso, estamos levando uma série de investimentos para que agricultores tenham condições adequadas para produzir. Espero que venham mais projetos como este e a agricultura da nossa cidade possa se destacar ainda mais no cenário estadual e nacional, além de gerar emprego e renda no campo.”

Para o Prefeito Giovane Wickert, o lançamento da pedra fundamental tem um grande significado para a Capital do Chimarrão, diante do desafio e das dificuldades para garantir a vinda do investimento. “Hoje é um dia muito especial. Em 2016 recebi um contato que os diretores da Cosuel queriam conversar comigo. Expus minhas preocupações quanto às questões financeiras que o município enfrentava. Mesmo assim, em 2017, tivemos coragem de enfrentar um cenário difícil e encontrarmos meios de garantir este investimento.”

Segundo Wickert, o empreendimento reforça a posição de Venâncio Aires como polo de proteína animal. “Sei que aqui são 26 associados beneficiados, em um universo de 28 mil pessoas que vivem na área rural e também merecem nossa contribuição. Tenham certeza que seremos parceiros para auxiliar em iniciativas como esta. Passamos por uma fase difícil, mas tenho certeza que ela dará frutos para o futuro”, disse.

América Programa Avícola

Além deste, outros oito condomínios de propriedade dos associados da Cosuel, serão construídos e abastecerão o Frigorífico de Aves, do programa América Programa Avícola, que está em construção às margens da ERS 130, próximo ao km 90, em Linha Palmas, Arroio do Meio. De acordo com o Presidente Executivo, Carlos Alberto de Figueiredo Freitas, o programa nasceu por meio de uma parceria entre Dália Alimentos e Sicredi e conta com parceria de vários municípios.

O projeto foi batizado como América Programa Avícola em homenagem aos imigrantes que deixaram a Europa e se instalaram na região como forma de melhorar a vida. “Queremos que este programa seja uma alternativa e traga uma nova oportunidade aos produtores associados”, disse. O projeto traz um novo conceito organizacional na produção de frango de corte, com granjas modernas, que se destacam pela biossegurança e contará com marca diferenciada no mercado, o Golden Chicken.

Segundo o Presidente da Cosuel, Gilberto Piccinini, a Dália é conhecida pela inovação e por levar alternativas para pequena propriedade por meio do cooperativismo. “Este lançamento é um passo importante para que possamos no próximos dias iniciar as obras. Este projeto nasce pela iniciativa dos produtores que querem investir, agregar renda e estão preocupados com a viabilidade da sua propriedade e da sucessão rural. A cooperativa vai proporcionar todo suporte, seja na matéria prima, na indústria e na comercialização por meio de uma marca sólida.”

Foto: Cássia Paula Colla