Serviços Negócios Teutônia

Languiru anuncia volta ao mercado de rações pet

Sansão Dog é apresentada durante a Expodireto 

Voltada para cães de pequeno e grande porte, a ração Sansão Dog possui embalagens com 7kg e 25kg

A Languiru está dando atenção especial ao mercado pet e relança a ração Sansão Dog, voltada para cães de pequeno e grande porte. O anúncio oficial ocorreu no dia 14 de março, durante programação especial organizada pela cooperativa na 20ª Expodireto Cotrijal, em Não-Me-Toque/RS. Associados, equipe de vendas, convidados, imprensa e visitantes participaram do relançamento em evento realizado na Casa do Cooperativismo, junto ao parque de exposições. 

Pet faz parte da família 

Resgate de um sucesso em vendas da Languiru entre os anos de 2006 e 2011, a Sansão Dog é a primeira fórmula de uma linha de produtos voltados ao mercado pet lançada pelas Rações Languiru. O objetivo é atender uma demanda de mercado e ampliar ainda mais o mix de produtos de nutrição animal da cooperativa.

O gerente da Fábrica de Rações, Joel Girardello, apresentou o novo produto. “Os animais de estimação fazem parte da vida de muitas famílias. O Brasil possui a 4ª maior população pet no mundo, com 52 milhões de cães e 22 milhões de gatos, e as famílias brasileiras movimentam R$ 17 bilhões por ano com esses animais. Diante desse cenário, a Sansão Dog volta ao mercado renovada”, disse. 

Características e expectativas 

A ração foi desenvolvida em conjunto com empresa de Santa Catarina e o trabalho de pesquisa contempla nutrientes que procuram beneficiar a sanidade e o aspecto visual do cão, cujos primeiros testes a campo obtiveram muito boa aceitação. “A composição da Sansão Dog contribui para deixar o pelo dos cães mais brilhoso, com vantagens como a diminuição do odor das fezes, proteção imunológica e alta palatabilidade”, acrescentou.

A motivação que levou a cooperativa a voltar ao segmento está baseada na crescente demanda por alimentação específica para cães e na possibilidade de agregar valor ao portfólio da Fábrica de Rações. “Não teremos custo adicional de logística, uma vez que já atendemos os clientes onde será vendida a Sansão Dog”, observou Girardello, mencionando os diferenciais competitivos da cooperativa, como logística e lojas próprias – Agrocenter Languiru. “Sabemos que o mercado pet conta com muitas marcas, no entanto, temos a expectativa de manter crescimento ordenado”, planeja.

Lotes exclusivos da ração já estão chegando em pontos de venda selecionados. A previsão é de que as demais agropecuárias e lojas do gênero comecem a receber o produto ainda dentro do mês de abril.

O evento na Expodireto oficializa a agenda de lançamento externo da Sansão Dog. No dia 07 de março ocorreu evento especial na Associação dos Funcionários da Languiru para a equipe interna. O produto foi apresentado pela gerência e coordenação comercial da Fábrica de Rações Languiru aos representantes comerciais terceirizados das Rações Languiru. O presidente Dirceu Bayer também prestigiou a programação. 

Primeiro pedido 

Durante a Expodireto também ocorreu momento simbólico para assinatura do primeiro pedido de compra da Sansão Dog. O vendedor externo Ricardo Worm, que atende a região do Planalto Médio gaúcho, emitiu pedido de dez sacos de sete quilos e seis sacos de 25Kg da ração para a Agropecuária Wecker, de Não-Me-Toque.

A assinatura contou com a presença dos clientes Adriana e Rogério Wecker, que há cerca de um ano revendem Rações Languiru para diferentes raças. “Conhecemos os produtos da Languiru na Expodireto de 2017. Com a Sansão Dog, a linha de rações está completa”, frisou Adriana, enaltecendo o aroma do novo produto pet. “É uma característica que agrada os animais de estimação, com boa aceitação na alimentação dos cães”, classificou.

O casal também elogiou o atendimento da cooperativa e as características dos produtos de nutrição animal. “A ração é de excelente qualidade, sempre com a mesma formulação, com boa procura dos nossos clientes”, avaliou Rogério, revelando que a agropecuária passou a trabalhar exclusivamente com as Rações Languiru.

 

  

TEXTO – Leandro Augusto Hamester
Divulgação Cooperativa Languiru