RS Educação Encantado RSS Destaques

Lume Kids incentiva o voluntariado

Elisete (esq.), Laís e Marília

A aluna Laís Vitória Carvalhaes, do projeto Lume Kids, da Lume Centro de Educação Profissional (LUMECEP), realiza trabalho voluntário na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Encantado. A jovem de 15 anos, há um mês, dedica uma tarde da sua semana para organizar e atender o brechó da instituição.

O interesse surgiu após uma aula, em 2017. “Realizamos uma campanha de arrecadação de leite e fomos entregar para o Lar de Encantado (Associação Abrigo Comarca de Encantado – Lar da Criança). Lá eu puder ver como tudo é diferente do que estamos acostumados a vivenciar no nosso dia a dia”, explica.

Segundo Marilia Conzati Lancini, professora do Projeto Lume Kids e também da Apae, foi em uma aula de Liderança, durante o curso, que a Laís demonstrou interesse em fazer uma ação voluntária. “Logo pensei na Apae pelo fato de eu trabalhar lá e conhecer o corpo docente, então me disponibilizei em fazer a comunicação com a coordenadora pedagógica Floraci Bassegio que por sinal achou a ideia simplesmente perfeita e a Laís topou esse desafio. Sinto me orgulhosa pela atitude da minha aluna, pois teve a iniciativa que todo o cidadão deveria ter. Fico imensamente feliz em fazer parte dessa etapa da vida dela e por  saber que ela está praticando o que desenvolvemos em aula”, destaca.

Ela conta que um dos módulos desenvolvidos com os alunos é baseado no livro dos 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes, que busca estimular a questão de  ajudar o aluno a ter iniciativa, objetivos, organização e ser independente. “O projeto tem visa incentivar o aluno a pensar nas pessoas que nos rodeiam além de pensar somente em si. Pois quem faz o bem, se sente bem”, enaltece.

O espaço, inaugurado em maio deste ano, fica aberto todas as tardes, conforme a disponibilidade dos professores e demais funcionários da instituição, que se revezam no atendimento.  Peças novas e usadas, com valores entre R$ 2 e R$ 10, são selecionadas e encaminhadas para a lavanderia para serem lavadas e após, colocadas à venda. “São roupas e calçados de adulto e infantil”, conta a voluntaria.

Na última semana o brechó recebeu a doação de lojas do município. Interessados em doar ou adquirir podem se dirigir até a instituição, localizada na rua Augusto Pretto, nº 834, no bairro Nossa Senhora Aparecida. Todo o lucro é destinado para melhorias da instituição.

Além de ajudar o próximo, Laís já fez novas amizades. “Os alunos Patrick e Luan me fazem companhia em algumas tardes. É sempre um aprendizado. Esta é sem dúvida uma oportunidade bacana, por isso já penso em pedir para auxilia-los também nas terças-feiras”, almeja.

Conforme a professora da Apae, Elisete Dadalt Guedes, o trabalho voluntário da Laís é muito importante para a instituição. “A colaboração dela no projeto é fundamental, pois não temos muito tempo disponível para a organização do Brechó e ela estando aqui pode manter as peças organizadas e atender as pessoas que vem para comprar”, relata.

Texto: Ascom LUMECEP