Venâncio Aires Educação Os Vales em Notícia Destaques

Mais de 3,4 mil voltam às salas de aulas das EMEFS nesta quarta-feira

A quarta-feira, 19, será marcada pelo retorno dos mais de 3,4 mil estudantes em 21 Escolas Municipais de Venâncio Aires. Eles serão recepcionados pelos servidores que nesta terça-feira participaram do evento de abertura do ano letivo realizado no Auditório do Colégio Gaspar Silveira Martins.

A acolhida, realizada pela Administração Municipal, através da Secretaria Municipal de Educação, reuniu mais de 360 profissionais, que iniciam seus trabalhos norteados pelo tema ‘A nova sala de aula: como motivar e ensinar o aluno a aprender significativamente’.

Em sua fala, a Secretária Municipal de Educação, Alice Theis, salientou o papel e o empenho dos educadores na vida dos mais de 5,5 mil estudantes da rede municipal. “Eu acredito que a educação passa, de fato, pelo sentimento de acreditarmos nas pessoas, nas nossas crianças, jovens, adolescentes, colegas, de olhar para as pessoas e ver nelas possibilidades. Sei que as vezes não é fácil, nos encontramos em situações complicadas na sala de aula ou corredores das escolas, mas é nesse momento que precisamos infundir em nós mesmos o espírito de que vale a pena. A educação não é um processo fácil. O ato de educar é extraordinário, é um ato de amor, de entrega, que exige muitas vezes mais do que eu tenho para dar, mas em contrapartida são os nossos alunos que nos fazem se reerguer e reacreditar.”

O Prefeito Giovane Wickert também lamentou as dificuldades enfrentadas pelo poder Público para manter a rede municipal de ensino. “A realidade tem sido muito cruel, pois os Municípios cada vez ficam com mais compromissos e responsabilidades, enquanto os governos Estadual e Federal acabam criando um subteto do financiamento da Educação e Saúde, o que tem prejudicado os Municípios em fazer um trabalho com excelência e frente a crise surge uma demanda cada vez maior, que a rede pública acaba absorvendo mais estudantes, provenientes muitas vezes da rede particular pela situação financeira das famílias. E não mandamos nenhum filho para casa, abraçamos. Nossa rede tem uma realidade complicada, com muitas escolas no interior, diminuição de alunos e que as vezes não é mais possível avançar pedagogicamente, o que nos obriga a tomar decisões difíceis e que geram resistência. Mas as vezes um passo para trás, depois é importante para dar dois para frente.”

Após os pronunciamentos, os presentes acompanharam uma palestra-show proferida pelo cantor, compositor, escritor, teólogo, Giovani Mattiello; que apresentou o projeto “O que ouvi de Raul: considerações filosóficas sobre um maluco beleza”, que discorre sobre conceitos da sociologia e filosofia através da obra de Raul Seixas.
Com o início das aulas nesta quarta-feira, 19, o ano letivo das EMEFS, fixado em Decreto Municipal, está estabelecido com 200 dias letivos e carga horária mínima de 800 horas de efetivo trabalho escolar. Pelo calendário, as férias de inverno ocorrem de 18 de julho a 2 de agosto e os trabalhos do ano encerram dia 18 de dezembro.

 

Texto e foto: Vanessa Behling/AI PMVA