Saúde Brasil RSS

Mais de 420 mil benefícios sociais serão cancelados

Vários benefícios de programas sociais do governo federal estão sendo revisados para verificar se os beneficiários ainda cumprem os requisitos necessários à concessão dos auxílios.

Ao todo, 422 mil benefícios serão cancelados, sendo 228 mil auxílios-doença, 43 mil aposentadorias por invalidez e 151 mil benefícios de Prestação Continuada (BPC). A revisão é fruto de minucioso pente-fino e a economia ao governo pode chegar a R$ 20 bilhões.

De acordo com o ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, 1,8 milhão de benefícios serão revisados. A expectativa, após a correção das inconsistências, é chegar a 1,1 milhão de benefícios mensais.

Aposentadoria por invalidez

Quarenta e três mil benefícios de aposentadoria por invalidez serão cancelados. A economia em 2018 será de R$ 500 milhões. Porém, pode chegar a R$ 5 bilhões em 2019 já que o processo de transição para o cancelamento total do benefício se estende por um ano e meio.

Auxílio-doença

Os beneficiários foram convocados para novas perícias. As 252 mil revisões feitas entre 2016 e fevereiro de 2018 resultaram em 228 mil cancelamentos de auxílio-doença por indicação da perícia ou por não comparecimento do beneficiário. Um índice de cerca de 82% que gerou R$ 7,6 bilhões de economia aos cofres públicos.

Texto: Ascom CNM com informações da Agência Brasil