Brasil Meio Ambiente RSS Destaques

Máquinas agrícolas comercializadas no Brasil passam a ser menos poluentes

190120107_mquinas
A redução da emissão de poluentes é uma das vantagens da mudança (Foto: Divulgação)

A partir de 2017, as máquinas agrícolas tratores e colheitadeiras, comercializadas no Brasil, passam a sair da fábrica com motores menos poluentes. A medida é parte do Programa de Controle de Poluição do Ar por Veículos Automotores (Proconve).

De acordo com informações do Ministério do Meio Ambiente (MMA), a redução da emissão de poluentes atmosféricos é bastante significativa, podendo chegar a 85% de queda na emissão de particulados e até 75% na emissão de óxidos de nitrogênio.

Máquinas que operam no setor de construção civil também fazem parte dessa iniciativa. Os motores de 25 cavalos, o que equivale a uma motocicleta pequena, até 571 cavalos, que significa potência de sete automóveis populares, serão os primeiros a serem adaptadas às novas exigências.

Essa troca de motores, além de representar ganhos ambientais no tocante à poluição atmosférica, representa ganhos de eficiência, por se tratarem de motores novos. Logo ganhos econômicos também vem como consequência, tendo em vista o aquecimento do mercado deste setor.

Texto: Agência CNM com informações do MMA