RS Destaques Geral

Marau torna-se a capital gaúcha do karatê

Governador sancionou o projeto de lei em reconhecimento a disseminação do esporte no município (Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini)
Governador sancionou o projeto de lei em reconhecimento a disseminação do esporte no município (Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini)

Uma iniciativa do deputado estadual Vilmar Zanchin declarou o município de Marau, no norte do estado, como a capital gaúcha do karatê. O projeto de lei 264, aprovado pelo parlamento, foi sancionado pelo governador José Ivo Sartori nesta quinta-feira (12) no Palácio Piratini.

De acordo com o presidente da Federação Sul-Riograndense de Karatê–Do Tradicional, Alfredo Aires, 65 municípios do Rio Grande do Sul possuem escolas de Karatê, reunindo mais de 10 milhões de praticantes, entre alunos e professores. Marau tem escola nesta modalidade há 25 anos e 80% dos atletas da seleção gaúcha vem dessa instituição.
Escola de karatê de Marau
Associação Shobu-Kan é pioneira no desenvolvimento da arte, como um caminho na formação do ser humano, tornando Marau o único município do estado a ter em seu calendário oficial a competição das Olimpíadas Escolares de Karatê, envolvendo escolas municipais, estaduais e particulares. Além disso, atende 140 crianças e adolescentes do Projeto AABB Comunidade e outras 20 do Projeto Federal Mais Educação.
Ao longo dos nove anos de existência, o projeto se destaca com a participação de 11 atletas na seleção gaúcha, com 52 títulos estaduais e 18 nacionais. A Escola lidera o ranking do Rio Grande do Sul há 16 anos, sendo 80% da Seleção Gaúcha de Karatê, 21 atletas convocados e 3 atletas na seleção brasileira.
Texto: Assessoria de Comunicação do Governo do Estado