Brasil Meio Ambiente RSS

Material sobre procedimentos técnico para recuperação das áreas degradadas está disponível on-line

o hotsite traz informações de metodologias para recuperação da vegetação nativa, a regeneração natural sem ou com manejo, plantio de espécies em toda área degradada e sistema agroflorestal (Foto: Divulgação)
O hotsite traz informações de metodologias para recuperação da vegetação nativa, a regeneração natural sem ou com manejo, plantio de espécies em toda área degradada e sistema agroflorestal (Foto: Divulgação)

Informações sobre procedimentos técnico para recuperação das áreas degradadas em atenção ao novo código florestal foram disponibilizadas, em formato digital, em hotsite da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). A Confederação Nacional de Municípios (CNM) informa os gestores sobre o material que pode auxiliar na gestão do Cadastro Ambiental Rural (CAR).

O material on-line trata da recuperação da vegetação nativa necessária para cumprimento do Programa de Recuperação Ambiental a etapa seguinte ao Cadastro Ambiental Rural dos imóveis que não estão em acordo com a Lei 12.651/2016. Diante disso, o hotsite traz informações de metodologias para recuperação da vegetação nativa, a regeneração natural sem ou com manejo, plantio de espécies em toda área degradada e sistema agroflorestal.

Dentre os benefícios das medidas destaca-se a geração de uma renda complementar durante o processo de recuperação da vegetação. Além disso, foi disponibilizada uma lista de espécie nativas para o bioma cerrado, os demais biomas serão incluídos posteriormente, outra informação importante é a localização de viveiros que comercializam mudas e sementes de espécies nativas.

Boas práticas
Por meio da página on-line, os gestores municipais também podem conhecer boas práticas aplicadas em recuperação de áreas degradadas para todos biomas contendo o passo a passo utilizado em sua implantação. Também podem acessar diversas práticas agrícolas que reduzem o risco de degradação ambiental e contribuem para a sustentabilidade da produção no campo.

Sobre este assunto, a área técnica de Agricultura da CNM elaborou a cartilha Cadastro Ambiental Rural: Orientações aos Municípios, que também está disponível em formato digital aos gestores locais. A publicação dispõe de informações aos gestores municipais sobre os procedimentos para regularização ambiental dos imóveis rurais.

Acesse a publicação aqui

Texto: Ascom CNM