Rural - Agricultura Mato Leitão

Mato Leitão é o terceiro condomínio a receber aves para engorda

Equipe que irá trabalhar no núcleo de Mato Leitão

Granja tem 18 sócios mais a cota da cooperativa e está localizada em Linha Sampaio

O terceiro condomínio avícola a ser povoado foi o de Mato Leitão. Inicialmente, serão 120 mil aves instaladas entre os dias 2, 3, 9 e 10 de junho no núcleo com capacidade para 275 mil frangos e localizado em Linha Sampaio Baixo. A equipe de trabalho é composta pelo encarregado Vanderlei Gedóz e auxiliares Roberta da Silva Barreto, Marli Teresinha Lopes, Claudinei Piovesani, Alan Luís Dessoy e Liane Kroth Schwinn.

Das nove granjas que fazem parte do Programa Frango de Corte da Cooperativa Dália Alimentos, três já alojaram: Vespasiano Corrêa, Encantado e Mato Leitão. Os pintinhos são oriundos da empresa Globo Aves, de Santa Catarina. O próximo núcleo a receber os animais será o de Anta Gorda, na segunda quinzena de junho e o próximo será o de Venâncio Aires, no final deste mês e início do próximo.

Conforme o técnico responsável e que está acompanhando os descarregamentos, Diego Aguiar, o cronograma está seguindo o programado, inclusive o andamento dos trabalhos do primeiro condomínio a alojar, que foi o de Vespasiano Corrêa, no início de maio. “A evolução e o desenvolvimento dos pintinhos está ocorrendo dentro do esperado pela equipe técnica, assim como o funcionamento dos equipamentos em cada pavilhão. Se tudo ocorrer dentro do planejado, o primeiro abate com aves criadas em condomínios de associados da Dália será em meados de junho”.

Os demais condomínios avícolas para a produção de frangos de corte estão localizados em Cruzeiro do Sul (Linha Sítio), com a instalação dos equipamentos em fase final e início da operação em 60 dias; em Marques de Souza (Vasco Bandeira), com 80% das obras civis concluídas e previsão de conclusão em outubro; em Encantado II (Linha São Luis), com obras em andamento e previsão de alojamento no início de 2021 e em Relvado (Linha Cruzeiro), com terraplenagem em fase de conclusão e início de produção em meados do próximo ano, quando todos os condomínios deverão estar operando.

Os animais permanecerão confinados para engorda pelo período de até 42 dias até serem carregados para o abate a ser realizado no frigorífico da Cooperativa Dália Alimentos, localizado em Palmas, cidade de Arroio do Meio.

 

 

Fotos: Divulgação

Assessoria de Imprensa Cooperativa Dália Alimentos
Jornalista Carina Marques