RSS Rural - Agricultura Estrela

Meio Ambiente concede Licenças de Operação a empreendimentos rurais

Romaldo (com a licença em mãos), ao lado da esposa Rosângela e da filha Josiane (Foto: Paulo Ricardo Schneider)

O Governo de Estrela, através da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Saneamento Básico, emitiu Licenças de Operação (LO) para dois empreendimentos rurais, os quais vão incrementar a produção de leite e aves no município. Uma delas foi recebida pelos produtores Hilário José Fell e Tair Inácio Fell, de Novo Paraíso. O documento foi entregue nesta sexta-feira (04) pelo secretário Hilário Eidelwein, que visitou a propriedade acompanhado do engenheiro agrícola da Secretaria do Meio Ambiente, Arly Volken.

O empreendimento se destina à criação de bovinos confinados, numa estrutura de 3.700 metros quadrados que atualmente abriga 325 animais. Depois da ampliação e modernização, que levou quatro meses para ser concluída, ao custo de R$ 500 mil, terá capacidade para acomodar 350 animais. Isso significa um aumento significativo na produção de leite, que deverá passar dos atuais 3.500 litros/dia, para 5.800 litros/dia.

Hilário Fell, que ao longo de 43 anos de trabalho se transformou no maior produtor de leite do município, atribui o sucesso aos constantes investimentos na modernização. “A gente foi olhando em outros lugares e trazendo para cá tudo que via de bom. A ideia sempre foi gastar menos com mão de obra e mais com a produção”, explicou.

Também nesta sexta-feira Romaldo Schneider recebeu Licença de Operação para aviário que está construindo em sua propriedade, para a produção de aves de corte. O empreendimento, com 2.970 metros quadrados, terá capacidade para 66.500 aves. A família de Schneider, que possui outras cinco unidades, produz hoje 105 mil aves por lote. Quando as novas instalações – no sistema dark house – estiverem em condições de iniciar a operação, passará para 171,5 mil aves. Considerando uma média de 8 lotes por ano, serão mais 532 mil ao ano.

O secretario Hilário Eidelwein, destacou a importância da produção de leite para a economia do município e disse que, apesar das dificuldades do setor, o produtor rural não pode desanimar. “Investimentos como o de Hilário Fell são necessários. Quem se prepara no momento difícil solidifica seu negocio para o momento favorável”, alertou. Segundo ele, a Secretaria do Meio Ambiente tem atuado no sentido de atender com eficiência os empreendedores para não atrasar o início das atividades. “Temos dado prioridade aos novos empreendimentos para que, no menor prazo possível, possam começar a produzir”, ressalta.

Texto: Ascom Estrela