Região RSS Geral

Membros da Ambravat discutem a manutenção das atividades

DSC_0014 (2)
Reunião ocorreu em Encantado na última segunda-feira (Foto: Cris Costa)

Os membros da Associação Mantenedora do Corpo de Bombeiros da Região Alta do Vale do Taquari (AMBRAVAT), que é composta por sete municípios, Encantado, Coqueiro Baixo, Doutor Ricardo, Muçum, Nova Bréscia, Relvado e Roca Sales, se reuniram na tarde da segunda-feira (30) para discutira manutenção das atividades da entidade.

O principal assunto tratado foi uma solicitação do Comando Regional dos Bombeiros, que exige uma escala formada por um bombeiro militar e dois civis. Esta demanda representa a necessidade de que a AMBRAVAT disponibilize para atendimento nove bombeiros civis, ou seja, dois por escala e mais um que substitua colegas em férias ou licenças.  Com os atuais seis bombeiros civis contratados, os custos da entidade giram em torno de 35 mil mensais, sendo que suas receitas são oriundas da contribuição mensal dos municípios que compõe a entidade na faixa de 25 mil e mais 15 mil de repasse realizado mensalmente pela Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), em razão do atendimento junto às rodovias pedagiadas (RS129 e RS130).

Diante desta situação, que é solicitada pelo Comando Regional a partir de hoje (1º), os participantes decidiram encaminhar uma prorrogação do prazo por pelo menos 30 dias.  Neste período devem viabilizar alguma solução juntamente com o Governo do Estado. Poderá ser a destinação de mais bombeiros ou um repasse financeiro que permita a entidade ampliar a demanda.

Texto: Portal Região dos Vales/Ascom Encantado