Segurança RS RSS Lajeado

Ministério Público deve intermediar repasse de verba para Centro Integrado de Operações

Reunião ocorreu na sede do Ministério Público Estadual, em Porto Alegre (Divulgação)

Liderada pelo prefeito Marcelo Caumo, nesta quarta-feira (03/10), uma comitiva lajeadense foi a sede do Ministério Público Estadual (MPRS), em Porto Alegre, tratar sobre a obtenção de verba para construção do Centro Integrado de Operações e Videomonitoramento (CIOp). Recentemente, em reunião na cidade de Santa Cruz do Sul, na sede do Ministério Público do Trabalho (MPT), o assunto foi discutido, quando foi sinalizada a possibilidade de repasse por parte do órgão federal. Entretanto, para que os recursos cheguem até Lajeado, se faz necessário um termo de cooperação interinstitucional entre o MPRS e o MPT, motivo da reunião na sede do MPRS. Conforme sinalizado no encontro, o MPT possui valores que ultrapassam um milhão de reais e que poderiam ser aportados na construção do CIOp de Lajeado, um dos 25 a serem construídos em todo Estado do RS.

Conforme o secretário de Segurança Pública (Sesp) de Lajeado, Paulo Locatelli, o CIOp terá sua base em Lajeado, mas terá imagens espelhadas das 37 cidades do Vale do Taquari. Até o momento, 22 municípios do Vale já manifestaram concordância com o projeto. As imagens das câmeras permitirão maior agilidade na constatação do que pode estar ocorrendo e agilizar uma pronta resposta à altura de um determinado crime, além das imagens serem fundamentais para obtenção de provas para futuras condenações de criminosos. Conforme Locatelli, a partir do espelhamento de uma ocorrência municipal no CIOp, esta ocorrência poderá se tornar regional e, inclusive, estadual, gerando uma resposta rápida e à altura do que estiver acontecendo.

Participaram da reunião os procuradores Marcelo Dornelles, Fabiano Dallazen e Ana Petrucci, que receberam o prefeito Marcelo Caumo, titular da Sesp, Paulo Locatelli, coordenador do Departamento de Trânsito de Lajeado, Vinicius Renner, coordenador de Captação de Recursos e Projetos Especiais de Lajeado, Isidoro Fornari Neto, promotor de justiça, Carlos Augusto Fiorioli, inspetor chefe da 4ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal em Lajeado, Paulo Reni da Silva, comandante do CRPO Vale do Taquari, coronel Ricardo Hoffmann, comandante do 22º Batalhão de Polícia Militar da BM, tenente coronel Luis Gonçalves Maia, e a secretária executiva/financeira da Associação Lajeadense Pró-Segurança Pública (Alsepro), Maiticia Hamester.

Texto: Ascom Lajeado