RS RSS Rural - Agricultura Destaques

Ministro da Agricultura negocia acesso de fumicultores a crédito do Pronaf

Vice-governador Cairoli acompanhou Blairo Maggi na visita às fábricas da Souza Cruz e Philip Morris (Foto: Karine Viana/Palácio Piratini)
Vice-governador Cairoli acompanhou Blairo Maggi na visita às fábricas da Souza Cruz e Philip Morris (Foto: Karine Viana/Palácio Piratini)

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, informou durante visita à Região do Vale do Rio Pardo que está sendo negociada a permissão para os fumicultores terem acesso ao financiamento do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). O ministro esteve nessa quarta-feira (20) em Santa Cruz do Sul e Venâncio Aires para conhecer a cadeia produtiva do fumo e debater as demandas do setor com os produtores.

Desde o início de julho, nova resolução do Banco Central estabelece o aumento de renda advinda de outras culturas para que os produtores de tabaco recebam crédito do Pronaf. “É um assunto que está sendo negociado e esperamos reverter a medida até o final deste mês”, afirmou. Maggi acrescentou que “está satisfeito com a situação dos fumicultores gaúchos ao verificar uma agricultura responsável social e ambientalmente como busca o ministério”.
O ministro também se colocou à disposição para ajudar na busca por novos mercados. “Vamos apoiar os fumicultores, eles tiram o seu sustento há décadas, gerando divisas ao país com as exportações. Vou ajudar na inclusão da fumicultura na busca de novos mercados para o Brasil, temos muito a crescer”, destacou.

Blairo Maggi lembrou que a agricultura é um pilar de sustentação da economia brasileira. “Não fosse a agricultura, o Brasil não se sustentaria. Isto é fruto da determinação de nossos produtores. Em torno de 50% do saldo da balança comercial do país nos últimos meses teve origem no setor agropecuário”. O Rio Grande do Sul é responsável por aproximadamente 10% do Valor Adicionado Bruto (VAB) da agropecuária brasileira, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Vale do Rio Pardo

O vice-governador José Paulo Cairoli acompanhou a passagem de Blairo Maggi pelo Estado. O roteiro iniciou em Venâncio Aires, com visitação a uma propriedade-modelo e apresentação dos detalhes sobre o cultivo do tabaco, e depois se encontrou com produtores. Na sequência, conheceu as sedes das empresas Souza Cruz e Philip Morris.
Cairoli considerou a vinda do ministro importante para o desenvolvimento do setor do tabaco. “Hoje tivemos a oportunidade de conhecer a realidade do produtor e da indústria. O ministro saiu daqui com argumentos suficientes sobre a necessidade de fortalecer a região, criando alternativas para que tenhamos mais segurança na produção”, avaliou.

Para o secretário da Agricultura, Ernani Polo, a avaliação também foi positiva. “Mais uma vez o ministro demonstra que está ao lado do produtor e que vê nos fumicultores um potencial de crescimento, de fomento à exportação de tabaco. O setor é grande gerador de emprego e renda, contribuindo muito com a balança comercial brasileira”, argumentou.

A comitiva teve a presença de prefeitos, produtores, empresários, representantes de entidades e dos deputados federais Jerônimo Goergen, Luis Carlos Heinze e Alceu Moreira.

Texto: Ascom Estado