Obras Forquetinha

Moradores acompanham construção

Osmar elogia construção de pilares para reforçar estrutura

Enquanto os funcionários da empresa vencedora da licitação trabalham na construção da ponte baixa para substituir a antiga estiva, o empresário Osmar Dauernheimer, o popular Miga, elogia o projeto. “Agora será bem feito. Todos sabiam que da forma como foi erguida, daria problema”, comenta.

Miga relata o aumento dos custos e da distância para atender os clientes na borracharia. Por dia, chega a se deslocar três vezes até o outro lado do arroio. “Depois da interdição da estiva, além da demora, preciso percorrer 12 quilômetros a mais para realizar o serviço”, relata.

Para ele, a obra é de suma importância para aproximar novamente as duas comunidades, Vila Prass e Haas, da área central. “Hoje todos estão isolados. Quando pronta, teremos mais segurança, pois atravessar a ponte pênsil também é muito perigoso”, observa.

Reivindicação

Segundo o secretário de Obras, Viação e Interior, Henrique Krüger, a obra faz parte do plano de governo da atual gestão e atende ao pedido dos moradores. “Ir ao banco, posto de saúde, supermercado e resolver demais pendências ficará mais fácil. Traz mais economia e segurança para todos”.

O projeto é executado com recursos próprios, cujo investimento alcança R$ 167.098,70. Com 35 metros de comprimento e 4,5 metros de largura a nova ponte baixa terá uma altura de 1,5 metros acima do nível normal do arroio.

 

Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Forquetinha