Venâncio Aires RS RSS Rural - Agricultura

Município aposta no melhoramento genético do gado leiteiro

Para participar, o produtor rural precisa estar com a propriedade dentro do limite geográfico do Município, ter o talão de produtor modelo número 15 com movimentação anual e quite com a fazenda municipal (Foto: Luana Xavier)

Melhorar a produção do leite e apoiar os produtores é uma tarefa conjunta da Secretaria de Agricultura e das entidades ligadas ao setor rural, como o Sindicato Rural, Sindicato dos Trabalhadores Rurais e a Emater. Ontem, 13, a Administração Municipal entregou, em ato simbólico, os recursos já depositados nas contas dos oito produtores beneficiados com o programa Agropecuário de bovinocultura de leite e de corte do Município.

Na sala de reuniões do Gabinete, o Secretário André Kauffmann destacou a importância da remodelação da lei municipal nº 6075/2018 que qualificou o programa de melhoramento genético. O Gestor destacou o apoio da Emater que auxiliou na formatação do projeto que hoje se tornou realidade. “Estamos felizes com este novo programa de incentivos que visa melhorar o nosso gado leiteiro e assim qualificarmos mais os nossos produtos, auxiliando o nosso produtor e com isso desenvolvermos ainda mais a nossa comunidade”.

Para participar, o produtor rural precisa estar com a propriedade dentro do limite geográfico do Município, ter o talão de produtor modelo número 15 com movimentação anual e quite com a fazenda municipal. O programa destina o custeio da prestação do serviço de inseminação em animais do rebanho destinados a compra de doses de sêmem de touros provados para o melhoramento genético do rebanho leiteiro, até o limite de uma dose por vaca no período de 12 meses. Nesta primeira etapa, os oito produtores que se inscreveram tiveram de aporte juntos R$ 4.200 do município para qualificar o rebanho. “É um começo muito importante para nós produtores. Estamos felizes com o apoio e esperamos que o programa possa crescer e nos apoiar ainda mais para com o tempo desenvolvermos mais o nosso gado leiteiro no Município”, disse Ângelo Batista Reis, produtor de Linha Harmonia da Costa que recebeu o subsídio de 20 doses de sêmen no valor de R$ 600.
Além dele receberam o benefício:

• Marcelo Muller – Lª Olavo Bilac, subsídio de 20 doses de sêmen no valor de R$ 600,00;
• Lauri José Schwendler -Lª Arroio Grande, subsídio de 20 doses de sêmen no valor de R$ 600,00;
• Alex Antônio Lauermann – Lª Estância São José, subsídio de 10 doses de sêmen no valor de R$ 300,00;
• Aloisio Finkler – Lª Santa Emília, subsídio de 15 doses de sêmen no valor de R$ 450,00;
• José Telmo da Silva – Lª Cerrito, subsídio de 15 doses de sêmen no valor de R$ 450,00;
• Valdir André Muller – Lª Tangerinas, subsídio de 20 doses de sêmen no valor de R$ 600,00;
• Clécio Becker – Lª Cecília, subsídio de 20 doses de sêmen no valor de R$ 600,00;

O Prefeito enalteceu o trabalho das entidades que conjuntamente com o Poder Público conseguem auxiliar os produtores rurais em diversas frentes. Giovane Wickert agradeceu o apoio dos agricultores por acreditarem no trabalho da Administração e afirmou que este é um passo pequeno mais importante para impulsionar ainda mais o grupo do leite, como é conhecido os produtores do alimento. O grupo é formado por agricultores que conjuntamente com as entidades buscam melhorias, desenvolvimento e crescimento do setor leiteiro no Município e na região. “Todos os grandes projetos que conhecemos em nossa cidade um dia começaram de forma sutil e foram, com apoio de todos, evoluindo. Este programa é um exemplo. Com apoio da Emater e dos Sindicatos, sabemos que vamos alinhar as demandas e conseguir melhorar os investimentos para ajudar mais na qualificação do rebanho e consequentemente conseguir que o nosso produtor cresça e o Município se desenvolva”.

Texto: Ascom Venâncio Aires