Região RSS Rural - Agricultura

Município de Estrela adere a programa para incremento do setor leiteiro

Valmor Mantelli Junior, do Sebrae/RS, apresentou o programa aos produtores (Foto: Paulo Ricardo Schneider)
Valmor Mantelli Junior, do Sebrae/RS, apresentou o programa aos produtores (Foto: Paulo Ricardo Schneider)

Um encontro na semana passada, na Câmara de Vereadores, selou a adesão de Estrela à iniciativa que visa o incremento do setor leiteiro. Trata-se do Programa de Produção Integrada de Sistemas Agropecuários em Microbacias Hidrográficas (PISA), realizado pelo Programa Juntos para Competir, numa parceria do Sebrae/RS, Senar e Farsul, e que terá a participação de pelo menos 15 produtores do município.

Durante quatro anos eles receberão assistência destas instituições – sem custo – por meio de cursos, consultorias, palestras, Dia de Campo, missões técnicas, entre outras atividades. “É uma ação integrada com os produtores, que estão no centro de todo o trabalho que será feito. Os resultados somente serão alcançados com sua efetiva participação”, explica o gestor de Projetos de Agronegócios do Sebrae/RS, Valmor Mantelli Junior.

A estimativa é de que nos quatro anos sejam investidos mais de R$ 2 milhões no programa, que além de produtores de Estrela terá a participação, no Vale do Taquari, de Teutônia, Arroio do Meio, Capitão e Travesseiro. Conforme Mantelli, esta é a segunda etapa. Na primeira, encerrada no ano passado, foi constatado um aumento médio de 80% na produção de leite, com redução de custos nas propriedades. Promover o desenvolvimento rural sustentável, a difusão de tecnologias e transformação do processo produtivo, a obtenção de alimentos seguros, competitividade e geração de emprego e renda são alguns dos objetivos do programa que terá, como primeiro passo, a realização de um diagnóstico das propriedades.

Mantelli comenta que serão feitas visitas individuais a cada 60 dias, por consultores do Sebrae/RS e Senar; reuniões técnicas em grupos, também a cada 60 dias, além de encontros gerenciais, com visitas individuais e com interação entre os consultores de gestão e técnico. “A gestão é fundamental”, ressalta. O programa conta com parceiros como as prefeituras, sindicatos rurais, Emater/RS-Ascar, cooperativas, entre outros.

Segundo o secretário da Agricultura, José Adão Braun, esta é mais uma iniciativa do Governo de Estrela para incrementar a produção primária. “Este programa vem somar a outras ações que já estão sendo feitas em nossa bacia leiteira. Importante destacar que não terá qualquer custos aos produtores”, frisa. Conforme Braun, inicialmente serão 15 produtores, de vários pontos do município, e a expectativa é de que, com o andamento do programa, estes se tornem irradiadores dos conhecimentos, gerando melhorias em outras propriedades. O encontro desta quarta-feira também contou com a presença do supervisor regional do Senar, Ricardo Lopes de Almeida, e do presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Estrela, Rogério Heemann.

Texto: Ascom Estrela