RSS Destaques Turismo Imigrante

Município de Imigrante é reconhecido como a “A Terra dos Imigrantes”

Prefeitura já expõe banner com o titulo (Foto: Vanessa Paliosa)

Na tarde da terça-feira (03), junto à sede da prefeitura, a administração municipal de Imigrante reuniu a imprensa regional para falar sobre o projeto de lei nº 64/2017, que foi aprovado e reconheceu o município como “A Terra dos Imigrantes”.

Na oportunidade, o prefeito Celso Kaplan, o Lelo, e o secretário de Educação, Cultura, Desporto e Turismo, David Orling, conduziram o diálogo, relatando o processo desta conquista.

“Iniciamos os trabalhos no primeiro semestre de 2017, foi feito o requerimento, escolhemos o deputado João Fischer para apresentar o projeto junto à Assembleia Legislativa. Após, uma equipe fez contato na busca por argumentos juridicamente viáveis. Era necessário um parecer favorável nas questões legais, investigativo, validade de petição e política. Foi uma surpresa, acreditávamos que demoraria cerca de cinco anos para esta conquista”, explica, Orling.

Durante o processo, os gestores descobriram que outros municípios tinham o interesse pela nomenclatura. “Mas nós somos os legítimos. Somos reconhecidos pela colonização italiana e alemã no Rio Grande do Sul e com validade nacional”.

De acordo com Lelo, é um resgate das culturas do município. “Nossa justificativa tem fundamento, dados completos e cases centenários que provam e nos dá esse título. Valoriza as pessoas que desbravaram essas terras. Fortalece Imigrante que neste ano completa 30 anos”, destaca.

Segundo o secretário, o nome foi pensado como um todo, visando a história de Imigrante. “Tem relação com a memória afetiva, o pertencimento. É muito bacana, sem dúvida é marcante”, ressalta.

Turismo

Entre os objetivos de tornar o município “A Terra dos Imigrantes” está o fortalecimento do turismo local. Conforme Orling, é uma estratégia de gestão pública, que vem para agregar em diversos segmentos. “Cidades com títulos apresentam índices melhores, porque vendem um nome. Tem um case de sucesso turístico. As pessoas associam, é uma marca”, explica.

Para o prefeito, a nomenclatura permite uma identificação e, consequentemente, um avanço. “Para este ano, 30 pontos turísticos já estão catalogados e serão lançados durante a programação do aniversário do município. Por meio de aplicativos e folders estaremos divulgando nossas belezas naturais, históricas e culturais”, revela.

Existe ainda, segundo o secretário, uma rota exclusiva, “com o objetivo de explorar a agroindústria familiar e o turismo religioso que já está se consolidando”, revela. O projeto está sendo estudado.

No entanto, “a centralidade não é o turismo. Existem a questão de raiz, da identidade. Estamos projetando o futuro. Afirmamos que aqui é a terra das possibilidades para se investir, pois é acolhedora, com diversidade cultural”, destaca Orling, explicando que mesmo com a existência de outras etnias no município, era preciso provar essa herança, apontando o passado, mas que Imigrante está aberto para receber à todos.

Biblioteca Pública Municipal

Com o intuito de preservar a cultura e a história do município, a Administração Municipal já está projetando uma biblioteca pública municipal, com acervo. “Para manter um museu há um custo elevado, então pensamos nesta ideia, que é uma forma de expor as inúmeras relíquias que Imigrante e seu povo possuem”, conta Orling.

Saiba mais

A votação do projeto aconteceu no dia 27 de março. A Assembleia Legislativa aprovou com 47 votos favoráveis e nenhum contrário o reconhecimento do título de “A Terra dos Imigrantes” para o município.

Texto: Ascom Amturvales