Meio Ambiente Educação Santa Clara do Sul

Município se prepara para coleta seletiva

Capacitação formou multiplicadores para ajudar a divulgar a importância da separação e destinação correta dos resíduos

Objetivo é implementar uma cultura de separação e destinação correta dos resíduos

Líderes de vários segmentos do município participaram de uma capacitação realizada pela Univates com o intuito de formar multiplicadores que ajudem a divulgar e orientar sobre a importância da separação e destinação correta dos resíduos. A ação viabilizada pelo governo municipal em parceria com o Consórcio Cipae G8 serviu de preparação ao sistema de coleta seletiva que será implantado futuramente no município.

Entre os temas abordados durante a capacitação estiveram a legislação ambiental vigente, diferentes tipos de resíduos, correta separação em seco/reciclável, orgânico e rejeito, bem como o funcionamento de composteiras para os resíduos orgânicos. “A intenção é fazer com que as pessoas comecem a separar adequadamente seus resíduos dentro de casa”, ressalta o secretário municipal de Infraestrutura, Edson Mallmann.

Após quatro encontros de aprendizagem, os participantes tiveram um mês para realizar uma ação de multiplicação com algum grupo social do município. E a última etapa serviu para avaliar como funcionou esse processo na prática, quais os desafios e limites que surgiram. Até 2021 todo o resíduo produzido nos municípios do G8 deverá ser levado à unidade de triagem e aterro em construção em Progresso.

De acordo com a coordenadora do grupo de pesquisa Comunicação, Educação Ambiental e Intervenções (Ceami) da Univates, professora Jane Mazzarino, a questão dos resíduos é fundamental, pois tem a ver com sustentabilidade ambiental e saúde pública. “Se as pessoas separarem corretamente seus resíduos, o retorno será em ganhos não só ambientais, mas também sociais e econômicos para os municípios, que poderão vendê-los em vez de estarem aterrando com um custo alto”, explica.

Em Santa Clara do Sul, a formação teve a participação de representantes do Departamento Municipal de Meio Ambiente e Saneamento Básico, da Secretaria de Educação, Cultura, Desporto e Juventude, da Secretaria de Saúde e Assistência Social, da Câmara de Vereadores, da Escola Estadual de Ensino Médio Santa Clara e dos Clubes de Mães, que têm a tarefa de repassar as informações para os seus grupos de ação e assim formar uma grande rede de multiplicadores trabalhando com as questões ambientais e fazendo com que as informações cheguem a toda população.

Participantes do curso fizeram atividades de multiplicação com grupos sociais do município, como nas escolas

A primeira etapa da capacitação foi concluída no dia 9 de agosto, quando todos os grupos demonstraram as atividades realizadas até o momento. A partir de agora, com os multiplicadores ambientais formados, se dará andamento a um trabalho de educação ambiental que deve ser desenvolvido continuamente com a população. Além dos resíduos sólidos, outros temas ambientais serão trabalhados nos grupos de ação, desenvolvendo a conscientização, a responsabilidade ambiental, as práticas de uso sustentável e a preservação dos recursos naturais.

 

 

Assessoria de Imprensa de Santa Clara do Sul