Saúde RS RSS Cruzeiro do Sul

Município terá evento especial no Janeiro Branco

Ano passado equipe fez caminhada (Foto: Arquivo)

A equipe de Saúde Mental de Cruzeiro do Sul está trabalhando na campanha “Janeiro Branco”. O mês de janeiro foi escolhido por que as pessoas têm a sensação de um novo começo, novos planos e novo estilo de vida, para que as pessoas comecem o ano pensando também em sua saúde mental. Já a cor branca representa o quadro em branco, o papel em branco, no qual escreveremos ou desenharemos uma nova história da saúde mental, sem os tabus e preconceitos que a cercam.

Visando o cuidado que cada pessoa deve ter com sua própria saúde mental e emocional, a Equipe da Saúde Mental de Cruzeiro do Sul, realizará um evento na quarta-feira, dia 23, para que o indivíduo possa parar para refletir sobre a sua saúde mental. A programação inicia às 18h, na Praça Dona Laura, com chimarreada e exposição de artesanato e do projeto mais hortas e comercialização de comes e bebes, a cargo da APAE. Também haverá musica ao vivo e palestra sobre planejamento pessoal com a Instrutora Eneagrama, Roberta Spadini. Conforme a psicóloga e coordenadora da Equipe da Saúde Mental, Valdireni Kronbauer Leonhardt, será uma oportunidade para as pessoas confraternizarem e fazerem algo diferente, saindo da sua rotina diária.

Os objetivos da Campanha

Fazer do mês de Janeiro o marco temporal estratégico para que todas as pessoas e instituições sociais do mundo reflitam, debatam, conheçam, planejem e efetivem ações em prol da Saúde Mental e do combate ao adoecimento emocional dos indivíduos e das próprias instituições;

Chamar a atenção de todo o mundo para os temas da Saúde Mental e da Saúde Emocional nas vidas das pessoas;

Aproveitar a simbologia do início de todo ano para incentivar as pessoas a pensarem a respeito das suas vidas, dos seus relacionamentos e do que andam fazendo para investirem e garantirem Saúde Mental e Saúde Emocional em suas vidas e nas vidas de todos ao seu redor;

Chamar a atenção das mídias e das instituições sociais, públicas e privadas, para a importância da promoção da Saúde Mental e do combate ao adoecimento emocional dos indivíduos;

Contribuir, decisivamente, para a construção, o fortalecimento e a disseminação de uma “cultura da Saúde Mental” que favoreça, estimule e garanta a efetiva elaboração de políticas públicas em benefício da Saúde Mental dos indivíduos e das instituições.

Texto: Ascom Cruzeiro do Sul