Geral

Município terá feira de alimentos saudáveis

Na feira serão vendidos alimentos sem agrotóxicos diretamente do produtor rural (Foto: Divulgação)

Oferecer alimentos saudáveis, sem agrotóxicos, cultivados por produtores do município em transição ao modelo orgânico. É com este objetivo que o governo municipal organiza a Feira de Agricultores Agroecologistas em Santa Clara do Sul. O lançamento ocorrerá no dia 4 de agosto, nas imediações do ginásio de esportes, com início previsto para as 9h.

A feira é uma das ações do programa Santa Clara Mais Saudável, desenvolvido pela administração municipal desde junho de 2017. Num primeiro momento, 17 produtores dos 30 que integram o projeto irão expor seus produtos. A feira será realizada todos os sábados, das 9h às 13h, junto ao ginásio de esportes.

Entre os produtos a serem oferecidos à população local e regional estarão verduras, legumes, frutas e outros alimentos produzidos de maneira saudável. Moradora de Picada Santa Clara, Helena Maria Lenhardt será uma das feirantes. Segundo ela, a participação no programa de agroecologia tem sido uma experiência positiva. “Me sinto muito feliz em estar ajudando na saúde das pessoas cultivando alimentos de qualidade”, menciona.

A coordenadora do programa, Daiana Bald, observa um aumento gradativo da demanda por alimentos sem agrotóxicos. “As pessoas estão cada vez mais preocupadas em ter uma melhor qualidade de vida e os produtos agroecológicos são mais nutritivos e ricos em substâncias benéficas para a saúde. Mais do que um local de venda, queremos que a feira seja um ponto de encontro e de conscientização”.

Conforme o secretário municipal de Infraestrutura, Edson Mallmann, o Santa Clara Mais Saudável está se fortalecendo dia após dia. “Estamos dando um passo de cada vez, cuidando dos detalhes, levando em consideração que a direção é mais importante que a velocidade”, frisa. Mallmann enaltece o fato de estar sendo criada no município uma opção singular de venda de produtos frescos e de qualidade e, consequentemente, difundindo a cultura orgânica.

Consumo e produção saudáveis

O programa de agroecologia visa construir uma cultura de consumo e produção de alimentos saudáveis no município. “Com produtos orgânicos, sem venenos, o governo municipal promoverá saúde e qualidade de vida à população”, ressalta o prefeito Paulo Kohlrausch. Outro propósito é estimular a educação alimentar, fazendo com que as pessoas sejam mais exigentes ao comprarem alimentos. E o terceiro eixo é a sustentabilidade, tanto ambiental quanto econômica.

A partir de um setor primário forte, observa Kohlrausch, o governo municipal terá mais recursos para investir em melhorias à comunidade. “Trata-se, ainda, de uma opção de sucessão rural, pois o projeto oferecerá subsídios aos jovens ficarem no campo. E o melhor de tudo, sem agredir a natureza”, salienta o prefeito.

Atualmente, 50% da merenda consumida na rede municipal de ensino já tem origem orgânica. Também é feito o trabalho de certificação nas propriedades dos agricultores aderentes ao programa para que futuramente recebam o selo de produção agroecológica, por meio do sistema participativo. E após esse processo, serão credenciados legalmente como produtores de orgânicos.

Texto: Ascom Santa Clara do Sul