Iniciativa Destaques

Na Semana Nacional de Educação Financeira, Sicredi Integração RS/MG propõe caça ao tesouro do conhecimento a cerca de 400 estudantes da região

Uma caça ao tesouro com o conhecimento como bem mais valioso. Essa foi a atividade proposta pela Sicredi Integração RS/MG para a 8ª edição da Semana da Estratégia Nacional de Educação Financeira (Enef), que iniciou no dia 08 de novembro e segue até o dia 14 em todo o país. Na regional, a ação ocorre em oito escolas de Lajeado, Santa Clara, Progresso, Travesseiro e Mato Leitão, todas integradas ao Programa Cooperação na Ponta do Lápis, e envolve cerca de 400 estudantes do 4º e 5º ano.

A iniciativa visou promover a conscientização sobre a importância da educação financeira na rotina das pessoas, vinculado ao conhecimento como maior legado e cooperando para uma vida mais sustentável. A caça ao tesouro compreendeu três missões concluídas ao longo da semana e culminou com a entrega de um kit pedagógico, composto por lápis e caderno de atividades.

O primeiro desafio foi a confecção de um óculos de papel, que despertou nos estudantes novos olhares para a educação financeira e ampliou a visão para o cuidado com o dinheiro, expandindo a consciência acerca das escolhas e decisões. Já o segundo, envolveu também as famílias e fez com que os alunos avaliassem contas de luz por meio do cálculo do consumo individual de cada integrante da residência, provocando a análise das pequenas ações que contribuem para a economia no orçamento e observando o impacto disso na sustentabilidade do meio ambiente.

Como missão final, as turmas seguiram pistas que levaram ao grande prêmio, as quais iniciaram na cozinha, com a reflexão sobre alimentação saudável; passaram pelo banheiro, com conversas sobre separação de lixo, economia de água e luz, e as alternativas para evitar desperdícios. A terceira e última etapa ocorreu na biblioteca, considerada o lugar onde se concentram muitos saberes, e onde as crianças concluíram que o conhecimento é o maior tesouro a ser encontrado.

Para Francisco Dresch (11), aluno do 5º ano no Colégio Sinodal Conventos, as atividades foram interessantes e podem ser aplicadas na rotina de casa, especialmente as que envolvem evitar o desperdício de comida, água e luz: “Isso pesa na conta”. Também estudante do 5º ano, porém na Escola Municipal de Ensino Fundamental Vida Nova Conventos, Julia Bergmann Trindade (11), destacou o exercício com os óculos, que mostrou como olhar com mais atenção para o que se faz com o dinheiro, além do aprendizado sobre acúmulos e desperdícios. Ela adorou o desafio das pistas e revelou que já faz economias com as moedas que ganha, tendo um plano bem definido: ajudar os pais na aquisição de um novo guarda-roupas para seu quarto.