Educação Teutônia

No início do ano letivo, a primeira formatura

Sescoop/RS e Colégio Teutônia entregam certificados dos cursos do Aprendiz Cooperativo do Campo, Processamento de Carnes e Assistente Administrativo

Formação pessoal e profissional, além de ser uma primeira oportunidade de contato com o mercado de trabalho. Essas palavras resumem as diferentes manifestações na solenidade de formatura do Programa Aprendiz Cooperativo e do Programa de Aprendizagem oferecidos pelo Sescoop/RS e pelo Colégio Teutônia. O evento ocorreu no mês de fevereiro, em programação especial realizada junto à CIC Teutônia e que reuniu estudantes, professores, familiares e convidados.

Três turmas receberam seus certificados em solenidade de formatura no mês de fevereiro

Na oportunidade foram entregues os certificados de conclusão dos cursos de Processamento de Carnes e do Aprendiz Cooperativo do Campo aos jovens cotizados pela Cooperativa Languiru e do curso de Assistente Administrativo aos cotizados pela empresa Lactalis do Brasil. Falando em nome dos formandos, as estudantes Gabriela Elise Aschebrock e Maísa Flores valorizaram a conclusão dessa etapa. “É um momento único, de aprendizado e de conhecimento, uma oportunidade do primeiro contato formal com o mercado de trabalho. Estamos felizes em concluir esta etapa”, frisaram.

Carreira 

O coordenador de Comunicação, Marketing e Cooperativismo da Languiru, Alexandre Schneider, parabenizou os jovens. “Vocês são um grupo diferenciado de novos profissionais. O Aprendiz apresenta um pouco do dia a dia do que ocorre no mercado de trabalho. Depende de vocês equilibrarem as diversas carreiras da vida, e uma delas é a profissional”, disse.

Novas etapas

A assistente de Recursos Humanos da Lactalis do Brasil, Carline Perius, frisou o início de uma nova etapa. “Estes estudantes estão concluindo um ciclo, mas muitas outras conquistas virão pela frente. A qualificação profissional é muito importante e o Programa Aprendiz, inclusive, possibilita descobrir os verdadeiros talentos desses jovens”, afirmou.

Escolhas

O secretário da Agricultura de Teutônia, Márcio Mügge, valorizou o trabalho da Cooperativa Languiru e da Lactalis, gerando emprego e renda, além das oportunidades do Programa Aprendiz. “Parabéns pela caminhada, estes estudantes fizeram uma escolha e aproveitaram a oportunidade, indo além do impulso dos pais e tomando suas próprias decisões”, dirigiu-se aos formandos.

Acolhida

A gestora do Programa de Aprendizagem do Colégio Teutônia, professora Maitê Luize Schuhmann, enalteceu o papel do corpo docente nessa caminhada. “Mais do que passar conhecimento, temos a missão de acolher. Nossa responsabilidade também está na formação de cidadãos cada vez melhores”, disse aos estudantes, desejando sucesso.

Atitude

O diretor do Colégio Teutônia, Jonas Rückert, falou da caminhada que segue. “O Aprendiz é um programa singular no nosso espaço de atuação. Esse pode ser apenas o começo de uma nova caminhada acadêmica e profissional, que requer atitude. A vida não para e a formação precisa continuar”, encerrou.

 

 

 

TEXTO e FOTOS – Leandro Augusto Hamester