Eventos Destaques Nova Bréscia

Nova Bréscia comemora o sucesso do Festival do Churrasqueiro

Foto oficial dos churrasqueiro

Mais de 10 mil pessoas passaram pela Praça da Matriz durante o os três dias do evento 

Reconhecida como a Terra dos Churrasqueiros, Nova Bréscia realizou nos dias 11, 12 e 13 de outubro, a primeira edição do Festival do Churrasqueiro, evento criado com o objetivo de valorizar as conquistas e potencialidades de Nova Bréscia e homenagear os brescienses que espalham pelo mundo o nome da cidade, à frente de diversos estabelecimentos que promovem a cultura do churrasco e o modo de preparo do prato típico gaúcho que, segundo a fama da cidade, é único.

A programação iniciou na sexta-feira (11), com a apresentação da peça teatral “Fábulas do Sul”. Em paralelo ao evento, foi realizada, no auditório do Centro Administrativo Municipal, a reunião do G10, reunindo prefeitos, primeiras-damas e soberanas dos municípios da região alta do Vale do Taquari.

Enquanto o Espaço Gastronômico era comandado pelos churrasqueiros, às 18h foi iniciada a solenidade de abertura do Festival. Entre as autoridades presentes, prefeitos e membros de Câmaras de Vereadores do Vale, soberanas e representantes parlamentares. O Deputado Federal Afonso Motta (PDT) e o Deputado Estadual Edson Brum (MDB) prestigiaram, pessoalmente, a abertura. Ao som de “mérica mérica”, interpretada pelos Brescienses do “Cantare La Vita” o Prefeito Municipal, Marcos Antonio Martini, abriu oficialmente o evento, fazendo o corte do primeiro “costelão”, trazido do Espaço do Churrasqueiro até o palco por um grupo de churrasqueiros.

Abertura oficial

Antes de subir ao palco, o Guri de Uruguaiana fez uma caminhada pela Praça, visitando expositores e tirando muitas fotos com o público e os churrasqueiros. Atração principal da sexta-feira, o personagem, interpretado por Jair Kobe, trouxe Licurgo (O Gaúcho Emo) para sua apresentação, e agradou, fechando o primeiro dia do evento.

No sábado, às 9h, a Associação dos Vereadores do Vale do Taquari (AVAT), reuniu os vereadores associados para uma reunião no Auditório do Centro Administrativo Municipal. O churrasco começou a ser preparado e a venda dos Brescitos iniciou perto do meio dia. A programação da tarde iniciou com a apresentação do CTG Paixão Cortes. Criada especialmente para o Festival, o espetáculo encantou o público, homenageando os churrasqueiros que deixaram sua terra natal para se aventurar no ramo da gastronomia. O show do Garotos do Surungo, seguido pela apresentação do grupo Bora Biritá – ambos grupos Brescienses – inaugurou a pista de dança. Luan Ludwig iniciou o show às 20h. Gabriel Farias encerrou a programação do sábado. O público se dividiu entre os shows, a Feira de Compras e o Espaço do Churrasqueiro.

O domingo começou cedo e animado, às 8h30, com o Passeio de Trilheiros, promovido pelo Mentirosos Moto Club, e que reuniu trilheiros de diversas partes do país. À tarde, o CTG Paixão Cortes fez mais uma apresentação do espetáculo em homenagem aos Churrasqueiros. O grupo Alma Crioula subiu ao palco do Festival às 16h e seguiu até o início do show do grupo Os Serranos.

No encerramento, os churrasqueiros e suas esposas foram chamados ao palco, para receberem uma homenagem dos membros da Administração e da Comissão Organizadora. O churrasqueiro Gilberto Zambiasi, tirando do bolso o papel com algumas anotações, demonstrou gratidão pela homenagem recebida durante o evento e agradeceu ao público que prestigiou os três dias do evento. Em seguida, todos os churrasqueiros que trabalharam no evento foram convidados para irem até o Monumento ao Churrasqueiro para fazer a foto oficial do evento. Lá, se juntaram à comissão organizadora, às soberanas, às autoridades e aos membros da imprensa presentes, para o brinde final, em uma cena que ficará para a história do Município de Nova Bréscia, agora ainda mais consagrada como a Terra dos Churrasqueiros.                                     

Números do Festival

A estrela do evento, o “Brescito” – nome dado à porção de iscas de carne e pão de alho da marca Santa Massa servido no evento – agradou os amantes do churrasco. Foram comercializadas mais de 4,6 mil unidades, totalizando mais de 3 toneladas de carne, preparada pelos mais de 60 churrasqueiros envolvidos no evento.

O Memorial do Churrasqueiro prestou uma justa homenagem aos amantes do churrasco, através das imagens de arquivos pessoais dos próprios churrasqueiros e das fotografias da Mostra “Os Gaúchos e o Churrasco – Uma Jornada ao Redor do Fogo”, que reúne imagens da fotógrafa Carin Mandelli. Inúmeras presenças foram registradas. Conforme a Comissão Organizadora, o material exposto deve se juntar a outros, na criação de um memorial local sobre o churrasco.

O Festival do Churrasqueiro contou com o patrocínio de Santa Massa, isso muda seu churrasco, Baldo S.A, Churrascaria Sabor Gaúcho, Churrascaria Chama Gaúcha USA, Banrisul, Churrascaria Fogo de Chão, Johann Alimentos, Sicredi, Dália Alimentos, Chaves Gonzaga Corretora de Seguros, Corsan, Languiru, Loja Mella, Rede Ely Combustíveis, Fênix Pré-Moldados, Churrascaria Rei dos Pampas e Churrascaria Chimarrão. A realização foi do CTG Paixão Cortes, em parceria com a Prefeitura Municipal de Nova Bréscia e com o apoio Associação Comercial e Industrial de Nova Bréscia. A organização foi da Lume Eventos.

 

 

Créditos das fotos: Frederico Sehn
Assessoria de Imprensa Festival do Churrasqueiro