RSS Destaques Geral Bom Retiro do Sul

Nova rota turística de Bom Retiro do Sul será destaque no estado

Centro de Lazer Moinhos do Campo (Foto: Gustavo Saldanha)
Centro de Lazer Moinhos do Campo (Foto: Gustavo Saldanha)

O Conselho Municipal do Turismo (Comtur) pretende inaugurar uma nova rota turística na cidade. A ideia é que ela estreie nos dias que antecedem o Natal nas Águas, reunindo o máximo de pontos de visitação e apreciação, incluindo o turismo rural e urbano.

Barragem, Moinhos do Campo, Parque Pôr-do-Sol, Escadaria, Igreja do Morro são algumas das atrações que farão parte do roteiro. A novidade será a implantação de um ônibus estilo jardineira para transportar os turistas. Para quem chega na cidade, uma das primeiras opções a ser visitada é o Sítio Moinhos do Campo, a cerca de dois quilômetros do centro. Um espaço de 42 hectares que reúne atividades de aventura. Inédito no estado, o evento MegaRace (corrida com obstáculo) reuniu cerca de 500 pessoas durante o mês de abril. Até então, os desportistas da modalidade não encontravam lugar no RS para competir.

Para o presidente do Comtur, Gustavo Saldanha, o Moinhos do Campo proporcionou a experiência no turismo. “Aos poucos as pessoas queriam conhecer ainda a barragem e eu tinha que levá-los, porque ela tem o charme que atrai o mesmo público que visita o sítio.”

Saldanha foi chamado para gerir o conselho e pôr em prática o que tinha aprendido no negócio próprio. “Temos muitas ideias. O carro-chefe do turismo na cidade é a barragem. Mas é preciso usar a essência. O turismo é uma busca diária que estou envolvido faz nove anos.”

Conforme o secretário de Turismo, Esporte e Lazer, Luís Eduardo Arce, o Comtur incentiva não só a visitação ao espaço físico, mas aos eventos que ocorrem durante o ano. “A ideia é fazer uma rota que passe pelo turismo rural e urbano. Há pessoas que moram nas capitais, mas nunca tiveram a experiência da lida no campo, de tirar o leite da vaca. Aqui isso será possível.”

Arce afirma que a cidade dispõe da mais moderna ordenhadeira da região, que fica em uma propriedade no bairro São João. “Está aberta à visitação e é possível conhecer as formas mais modernas de tirar leite. Mas há propriedades que seguem com método dos antepassados, o que também é interessante para o turismo.”

Produção de cerveja
Uma das paradas obrigatórias no roteiro será na Cervejaria Salva. A ideia é organizar as visitas para mostrar os métodos e as formas de como funciona a fabricação da cerveja, contando inclusive com degustação. “Ainda estamos em negociação e o proprietário quer abrir as torneiras para o turismo”, descontrai.

Outra visita no interior será em um dos maiores produtores de mel da região. Na localidade de Pinhal, será possível conhecer as formas de produção e ter a oportunidade de provar o produto. “As pessoas da cidade não fazem a menor de ideia de como aqueles produtos que estão nas prateleiras são fabricados.”

O grupo de artesãos da cidade é parte do turismo local e produz peças para que o visitante leve lembranças de símbolos do turismo local, como a barragem da Eclusa.

Pesqueiro do Vale

Barragem Eclusa (Foto: Arquivo da Preitura)
Barragem Eclusa (Foto: Arquivo da Preitura)

A cidade conhecida como Pesqueiro do Vale insere na rota a opção da pesca, com peixes especiais. “Se encontra bons peixes porque devido à barragem há bastante oxigênio na água, o que aumenta a concentração dos animais contribuindo com a qualidade da carne. Pode-se jogar a linha que é certo a fisgada. O pesca é um atrativo turístico”, afirma Arce.

Conforme o secretário, há pessoas da Serra Gaúcha que vêm todos os fins de semana pescar no rio. “Então há sempre alguém pescando. É possível ver sempre alguém com caniço, ou barquinho no rio.”

Ônibus estilo jardineira
A proposta ainda não saiu do papel, mas promete colocar o turismo da cidade em patamares maiores, destacando-se não só para a região, mas para o estado. A ideia é adaptar um ônibus antigo, com a frente de um caminhão, de forma que fique aberto possibilitando maior visão aos passageiros. “O autocarro será para que os turistas possam curtir o passeio, tomando a brisa no rosto. Temos um amigo que vai construir o ônibus e queremos estrear ainda neste ano.”

Arce afirma que o objetivo é inaugurar a nova rota com o ônibus durante os 20 dias que antecedem as festividades do Natal nas Águas.

MegaRace inédito no Estado
O Moinhos do Campo inaugurou em abril a prática de um esporte alternativo único no RS. Antes, os simpatizantes da modalidade megaRace precisavam viajar a outros estados como São Paulo e Minas Gerais para competir.

Hoje amantes da corrida com obstáculos vêm do Paraná e de Santa Catarina para praticar. A primeira edição ocorreu no dia 9 de abril e reuniu mais de 500 pessoas, sendo que foram 250 atletas participantes. Visitantes da fronteira, Região Metropolitana, Litoral Norte e Serra Gaúcha marcaram presença.

A próxima prova está marcada para o dia 8 de outubro e a expectativa é dobrar o número de público. “Tinha virado febre esse esporte lá pra cima. Fizemos um grau de exigência maior, desafio que eles gostam.”

A ideia é realizar ainda uma prova kids da mesma modalidade para trazer as famílias. Os planos são realizar as provas de manhã, ao meio-dia oferecer os foods trucks para o almoço e à tarde atividades do sitio. Entre elas, a tirolesa. Hoje há duas de 45 metros. Mas possivelmente haverá uma ainda maior, com 250 metros.

Texto: Marcelo Cardoso/AI e Anderson Lopes/Jornal A Hora