RS RSS Destaques Geral

Novo portal da Sala de Situação da Sema traz informações sobre clima e nível dos rios

A nova ferramenta de monitoramento ajudará no trabalho de prevenção a desastres naturais e de plantio -(Foto: Daniela Barcellos/Palácio Piratini)
A nova ferramenta de monitoramento ajudará no trabalho de prevenção a desastres naturais e de plantio -(Foto: Daniela Barcellos/Palácio Piratini)

Uma nova ferramenta de monitoramento climático e das bacias hidrográficas do Rio Grande do Sul ajudará no trabalho de prevenção a desastres naturais e de plantio. O portal da Sala de Situação da Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema) foi lançado na tarde da terça-feira (30), no espaço das Câmaras Setoriais da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação (Seapi), no Pavilhão Internacional da Expointer, no Parque Assis Brasil, em Esteio.

O governador José Ivo Sartori afirmou que a Sema é o exemplo de que a desburocratização dos processos torna o serviço público mais eficiente. “A redução do tempo de espera por licenciamentos ambientais, mantendo a qualidade técnica e necessária do processo, agiliza a atração de novos investimentos e garante um caminho para um futuro mais sustentável”, falou.

A secretária da Sema, Ana Pellini, disse que este é um projeto prioritário do governo e vai passar informações climatológicas para a sociedade. “A Sala de Situação vai dar ferramenta para que a Defesa Civil possa trabalhar melhor e dar segurança para a população em casos de desastres climáticos”. Ana Pellini também confirmou que já são 16 equipamentos instalados para medir o nível dos rios e a meta é chegar a 160 instalados. Segundo a secretária, além de auxiliar a Defesa Civil, o projeto vai beneficiar os agricultores com a troca de informações.

O diretor do Departamento de Recursos Hídricos da Sema, Fernando Meireles, disse que esta é uma ferramenta de informação pública e gratuita. “Temos um conjunto de informações e monitoramento que vai auxiliar toda a população”, afirmou.

O secretário da Agricultura, Pecuária e Irrigação, Ernani Polo, falou que esta é uma ação conjunta e que é preciso, cada vez mais, integrar as áreas do governo para trazer resultados positivos para a sociedade.

Pelo portal www.saladesituacao.rs.gov.br, será possível antecipar a previsão do tempo por até três meses e a do nível dos rios por até sete dias. Boletins diários terão informações sobre a previsão meteorológica para as principais cidades do estado, divididas pelas coordenadorias regionais da Defesa Civil. Já nos boletins semanais e mensais, a divisão será por bacia hidrográfica.

Prevenção

De forma restrita, o portal emitirá avisos à Defesa Civil sobre eventos extremos com antecipação de até 72 horas, permitindo o planejamento mais eficiente das ações e respostas por parte do governo.

As informações em tempo real vêm das estações da Sema, da Agência Nacional de Águas (ANA), do setor elétrico, do Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (Cemaden), do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), e do acordo binacional Argentina – Uruguai da Usina Hidrelétrica Salto Grande, no Rio Uruguai.

As informações também estarão disponíveis no Facebook e Twitter da Sala de Situação.

Setor rural

Na ocasião, foi assinado protocolo de cooperação entre Sema, Seapi e Fepagro para monitoramento agroclimático do estado, que ampliará os benefícios da Sala de Situação para o setor rural.

Texto: Ascom Expointer 2016