Trânsito Segurança Estrela

Número de acidentes e vítimas seguem em queda nas vias de Estrela

Relatório realizado há quase dois anos mostra constante diminuição nas ocorrências e lesionados

Maior respeito à faixa de segurança reflete na queda do número de atropelamentos. Nenhum em 2019

Uma boa notícia que chegou à Secretaria do Planejamento e Desenvolvimento Econômico (Seplade) de Estrela, pasta que responde pelo Departamento de Trânsito (DT) do município. O registro do número de acidentes, como também de pessoas lesionadas, têm se mantido baixo nas vias municipais, principalmente em uma comparação a números passados.

O estudo realizado em parceria em com a Brigada Militar, cuja unidade local é a que atende as ocorrências, completará dois anos em maio. No referido mês de 2017, quando saiu o primeiro relatório, foram 32 acidentes. Um ano depois foi apenas um. Em janeiro deste ano foram oito ocorrências, mas apenas três com lesões corporais, quatro vítimas. Em fevereiro 15 acidentes, mas apenas três feridos. Não foram registrados atropelamentos, assim como vítimas fatais.

Conforme o assessor da secretaria, Guilherme Engster, são números que podem oscilar um pouco, como ocorre muitas vezes, pois um único acidente pode vitimar com lesões várias pessoas, enquanto vários acidentes podem não deixar nenhum ferido. Mas segundo ele, é clara a redução dos acidentes. “Há meses que o fluxo de carros é maior. Outros que recebemos mais motoristas de fora, como é o caso de dezembro, maio, em razão das nossas festas. Mas é uma ótima notícia. Um reflexo das muitas ações que foram realizadas pelo Departamento de Trânsito em pontos estratégicos de nossas principais vias, mas também da maior educação das pessoas, tanto motoristas e pedestres”, diz. “Medidas como a colocação de tachões, guard rails nas esquinas, nem todas agradam, mas são necessárias. E isso que somos uma cidade com apenas duas sinaleiras, algo que em outros municípios irrita a muitos. Mas outras mudanças e melhorias serão implantadas nos próximos dias”, avisa.

 

 

Texto e foto: Rodrigo Angeli
Assessoria de Imprensa de Estrela