Estrela Geral RSS

Números de acidentes cresce, mas de vítimas cai

 Maior fluxo de veículos na época do ano, inclusive de visitantes, colabora para o aumento de acidentes (Foto: André Silva)
Maior fluxo de veículos na época do ano, inclusive de visitantes, colabora para o aumento de acidentes (Foto: André Silva)

O Município de Estrela, através do Departamento de Trânsito (DT), recebeu nesta semana o sétimo relatório mensal com os números referentes aos atendimentos na área por parte da Brigada Militar (BM). Os números de acidentes voltaram a subir, mas os envolvendo vítimas com lesões corporais a cair. E estes, em sua grande maioria, seguem envolvendo motociclistas e em ocorrências na Avenida Rio Branco.

O balanço é um acordo informal que a Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Econômico (Seplade) selou com a BM de Estrela, cuja unidade local é a que atende as ocorrências. Os números voltaram a se aproximar dos de maio, quando o levantamento começou a ser feito, e então se registraram 32 acidentes. Depois de cinco quedas seguidas, os números de acidentes voltaram a crescer em outubro (25) e agora em novembro: 31. Por outro lado, ao contrário do mês passado, o de vítimas com lesões corporais a cair: nove e sete, respectivamente. Das ocorrências, 24 foram apenas com danos materiais. Desde o início não se registrou vítimas fatais.

Dos sete acidentes com lesões, três envolveram motociclistas, um de forma isolada e dois em colisões com carros. Dois envolvendo veículos e ciclistas, um deles um papeleiro. Outro acidente ocorreu com um veículo de carga. Em outubro, todas as nove ocorrências com feridos envolveram motos. No interior, houve um capotamento, na Linha Wink. Conforme Emerson Flores, sargento da Brigada Militar, responsável pelo levantamento, o aumento das ocorrências também se dá pela época do ano, quando mais pessoas saem às ruas para passear, inclusive à noite, e o município também recebe mais visitantes por questões periódicas como o Natal em Estrela.

Sugestões e reclamações quanto ao trânsito de Estrela podem ser feitas na Seplade, pelos telefones 3981-1075 e 3981-1032, ou em outros canais de acesso, entre eles a Ouvidoria do município (3981-1219).

Texto: Ascom Estrela