Artigos - Desenvolvimento Rural

“O desafio de pensar fora da caixa: a erva-mate muito além do chimarrão” – por Vanessa Daltoé

Vanessa Daltoé (Foto: Diuvlgação)
Vanessa Daltoé (Foto: Divulgação)

No último dia 24 comemoramos o Dia do Chimarrão. A bebida sagrada dos gaúchos, através da Erva-Mate, promove inúmeros benefícios a saúde.

Rica em vitaminas e sais minerais, a Erva-Mate é uma planta nativa dos países da América do Sul e possui ainda inúmeras substâncias bioativas, com propriedades antioxidantes, relacionadas à prevenção de doenças crônico degenerativas como, por exemplo, as doenças cardiovasculares.

Frente a rotina frenética em que vivemos, “sem tempo” para cuidar da saúde, almeja-se promover ao máximo o uso de tudo aquilo que pode nos trazer algum benefício. Deste modo, o desafio dos profissionais, especialmente da indústria, é pensar “fora da caixa”, inovar e apresentar ao mercado consumidor soluções, independente do segmento.

Assim, há pouco mais de um ano surgiu no Vale do Taquari o Programa “Erva-Mate uma cultura aberta”. Em linhas gerais, este programa objetiva ampliar as possibilidades de uso da Erva-Mate além do tradicional chimarrão, com o intuito de explorar as inúmeras propriedades desta matéria-prima nos mais diversos segmentos. O programa é resultado da soma de esforços de instituições públicas e privadas, de diferentes setores e, atualmente, possui como entidade gestora a Fundação Alto Taquari de Educação Rural e Cooperativismo, a Faterco.

Enquanto região produtora de alimentos e, diante dos inúmeros estudos que atestam os benefícios nutritivos, fisiológicos e medicinais da planta, logicamente que o Programa não poderia deixar de promover e divulgar o uso da Erva-Mate na gastronomia.

No Vale do Taquari encontramos diversas empresas que, ao pensar fora da caixa, foram pioneiras, inovaram e desenvolveram alimentos (incluindo sólidos) que possuem erva-mate em sua composição (chás, sucos, farinha de trigo enriquecida com erva mate, doce cremoso). Além disso, ao longo desta caminhada e como resultado da união do trabalho dos diferentes atores que compõe a gestão deste programa, destaca-se uma outra inovação, o Mate-Break. O Mate-Break consiste em uma alternativa para levar alimentos menos processados e mais saudáveis à mesa dos eventos, elaborados com erva-mate em sua composição e, por agroindústrias da região.

Como o nome do programa sugere, trata-se de uma cultura aberta. Aberta a novas ideias e a novos parceiros. Junte-se a nós e não deixe de conhecer o Programa Erva-Mate uma Cultura Aberta e explorar novas possibilidades para o uso da erva-mate (além do chimarrão).

Vanessa C.B. Daltoé
Gestora | APL – AF Vale do Taquari