Artigos - Turismo

“O Vale do Taquari e suas culturas! Conheça a Rota Germânica!” – por Elisabete Lenhard

elisabete
Elisabete Lenhard (Foto: Divulgação)

O Vale do Taquari, é um dos vales mais férteis e um dos maiores produtores de alimentos do Rio Grande do Sul, e a cada vez mais está chamando a atenção dos que por aqui passam por suas belas naturais e sua gastronomia variada.

O Vale do Taquari é composto por 36 municípios e com três culturas bem distintas, Açoriana, Germânica e Italiana em um trajeto que pode ser percorrido em um pouco mais de duas horas de carro, cerca de 150km. É possível vislumbrar belas paisagens e obras que chamam atenção como a Barragem Eclusa, o Viaduto 13 e apreciar os diversos sabores.

Hoje, em especial, falo um pouco da Rota Germânica localizada no município de Teutônia, de colonização basicamente germânica. A Rota nasceu em 2001 e abrange oito empreendimentos pelo município mesclando o rural e o urbano.

O passeio inicia no Centro Administrativo que é considerado o cartão postal da cidade construído em estilo arquitetônico que retrata o enxaimel. Lá encontram-se o Museu Henrique Üebel, o Relógio das Flores, a Praça das Tradições, o Lago no formato do mapa do município e a Associação dos Artesãos, onde é possível adquirir lembranças em crochê, tricô, madeira, patchwork, fuxico, biscuit e bordados.
Passando pela Vividiana Pedras você se energiza com o poder das pedras, uma ótima oportunidade de conhecer e adquirir uma variedade de artigo de decoração, jóias em pedras semi-preciosas e preciosas com preço de fábrica.

No Engenho Quatro Ventos pode ser feito um mergulho na história da Cachaça, a bebida mais antiga e autêntica, te leva a degustar licores finos de ervas, frutas e flores, bem como cervejas artesanais. O lugar agradável é convidativo para diversas fotografias em estilo rústico.

Uma pausa estratégica no Restaurante Matinho proporciona ao visitante, além de um ambiente agradável em meio a natureza, uma refeição típica alemã ou café da colônia ou ainda o prato típico do município o Schweinebraten, à base de carne suína.

Visitando a Bella Luna Aromas o visitante conhece as madeiras aromatizadas, difusores de ambiente, aromatizadores para carro, sabonetes, óleos e hidratantes corporais elaborados com essências naturais importadas da Espanha.
Seguindo para o meio rural o museu Antick Haus Bergmann, que é a antiga casa comercial da família Bergmann proporciona conhecer a história da imigração alemã no município através de móveis, louças, documentos e ferramentas. Lá é possível comprar um autêntico sapato de pau!

E por fim o vislumbre da bela Lagoa da Harmonia, situada a 593 metros de altitude, com uma lagoa de oito hectares de água em meio a um verde deslumbrante. O local também oferece trilha ecológica, hospedagem, mirante e um diversificado café colonial.

Gostou?
Saiba mais detalhes em www.rotagermanicateutonia.com.br ou www.amturvales.com.br e não esqueçam de programar a sua visita.

Desejo a todos um ótimo passeio!
Até a próxima
Elisabete Lenhard – Gestora em Turismo