Encantado Destaques Polícia

Obra pretende obstruir a entrada de objetos no Presídio de Encantado

Jpeg
Tela forma uma espécie de caixa de proteção do Presídio (Foto: Divulgação)

Com o intuito de inibir o arremesso de objetos e drogas, está sendo instalada uma tela de proteção no Presídio Estadual de Encantado. As obras iniciaram em junho deste ano. 70% do perímetro da casa prisional já está protegido. A conclusão está prevista para o final deste mês.

Conforme o administrador do Presidio, Gustavo Freitas, a obra tem o custo de R$39 mil e os recursos aplicados são oriundos do Poder Judiciário, através do Conselho da Comunidade. “A tela tem espessura de 2,5 cm por 2 cm e cobre todas as laterais e a parte superior do Presídio. Ela forma uma ‘caixa de proteção’. Será bem difícil o ingresso de ilícitos por arremesso. Isso vai solucionar vários problemas e oferecer segurança no presídio e para os moradores das proximidades”, explica Freitas.

Na tarde do domingo (31) um jovem foi preso pelo crime de tráfico de drogas, no Centro de Encantado. O policiamento tinha a informação de que haveria uma tentativa de arremesso de drogas para o interior do Presídio. A Brigada Militar fez averiguações e visualizou um indivíduo, com um pacote, descendo de um automóvel Corsa, que parou na rua João Lucca. Ao perceber a aproximação da viatura, o condutor acelerou e fugiu, enquanto o suspeito correu até a rua Duque de Caxias e jogou fora o pacote.

Ele foi detido e identificado como Marcelo Pereira Borges (18), conhecido como Celinho, morador do bairro Navegantes. No pacote foram encontrados tijolinhos de maconha, um celular e um carregador. “Estes arremessos acontecem seguidamente. Telefones e drogas são atirados com frequência e esta não foi a primeira prisão que efetuamos. Nós vamos continuar trabalhando efetivamente e esperamos que com a instalação da tela, o problema seja solucionado”, conclui o Tenente da Brigada Militar, Paulo Cézar Diehl.

Jpeg
Neste mês  a obra deve ser finalizada (Foto: Divulgação)

Saiba mais:
O Presídio Estadual de Encantado conta atualmente com 120 presos. 86 estão no regime fechado ou provisório e 34 estão no regime semiaberto ou aberto. Do total, 19 são mulheres.

Em março foi realizada uma ação para a retirada de materiais ilícitos  que estavam em posse dos apenados. A operação também visou manter a disciplina no ambiente prisional. O Departamento de Segurança e Execução Penal (DSEP) orientou as atividades, que foram executadas por servidores do Grupo de Ações Especiais (GAES), do Presídio de Encantado, da Divisão de Inteligência Penitenciária (DIPEN) e por agentes da 8ª Delegacia Penitenciária Regional. Foram apreendidas 38 pedras de crack, seis buchas de maconha, 19 celulares, 25 estoques, sete carregadores e 19 chips.

Texto: Portal Região dos Vales