RSS Obras Destaques Taquari

Obras de pavimentação ligam corredores rodoviários entre Taquari e Tabaí

Estrada de Aterrados recebeu camada asfáltica em parte dos sete quilômetros de extensão (Foto: Divulgação/Daer)
Estrada de Aterrados recebeu camada asfáltica em parte dos sete quilômetros de extensão (Foto: Divulgação/Daer)

As obras de pavimentação da Estrada de Aterrados, em Taquari, vêm animando os moradores locais. É o caso da vendedora Vandréia Silva dos Santos, 37 anos, que cresceu em Passo do Juncal, uma localidade no interior do município onde hoje moram seus pais. Para levá-los a médicos nas cidades vizinhas, ela precisa acessar a rodovia, também conhecida como TQ-150. “Minha mãe vem todas as semanas à cidade fazer fisioterapia e hidroginástica e, como não posso buscá-la, pago um motorista. Com o acesso asfáltico, o preço que ele cobra baixou, porque antes era muito difícil transitar por lá”, comemora a vendedora.

Além de facilitar o deslocamento entre a cidade e o interior, os serviços na rodovia – que foram retomados em novembro do ano passado – irão proporcionar à população do Vale do Taquari ligação asfáltica entre a RSC-287 e a BRS-386, dois importantes corredores rodoviários do Rio Grande do Sul. A pavimentação dos 7,1 quilômetros faz parte do programa Convênios Municipais, executado pelo governo do Estado por meio da Secretaria dos Transportes e do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), em parceria com a prefeituras de Taquari. “É uma união de esforços que, num momento de dificuldade financeira, dá um passo decisivo ao desenvolvimento regional”, ressalta o secretário Pedro Westphalen. “Uma vez asfaltada, essa via encurtará bastante o caminho para o escoamento da produção e o transporte de estudantes e pacientes que buscam atendimento em centros de referência”, acrescenta.

Em Aterrados, o investimento totaliza R$ 7,3 milhões. Desse montante, R$ 5,8 milhões são repassados pelo Daer mediante financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O restante compõe a contrapartida dos municípios. No momento, estão em execução os serviços de terraplanagem e drenagem, que vem avançando junto à capa asfáltica já aplicada em 2,4 quilômetros da estrada. “Essa obra está avançando em um ritmo muito bom e, no que depender do Daer, terá todas as condições técnicas e financeiras necessárias para que siga nessa intensidade até sua finalização”, afirmou Westphalen. “Não apenas o município de Taquari, como também Tabaí e Paverama serão diretamente beneficiados”, concluiu.

Além de facilitar a vida dos moradores da região, o acesso asfáltico irá contribuir com a economia dos municípios. Auri Peres é gerente comercial de um moinho de Taquari que produz farinha para pães e acredita que a obra tornará os negócios mais competitivos. “Levamos nosso produto às cidades vizinhas e à Serra. Presumo que cerca de 50 caminhões saem diariamente com nossos produtos e boa parte utiliza a TQ-150 no percurso”, explica o dirigente, cuja empresa gera cerca de 300 empregos diretos e indiretos. “Com o asfalto pronto, o acesso se dará mais direto e, além disso, aliviará parte do trânsito pesado que hoje circula pela Tabaí ao longo da RSC-287”, complementa.

Texto: Ascom RS