Arte RS RSS Imigrante

Orquestra Municipal de Imigrante realiza Turnê Regional

Em 2013 banda realizou Turnê na Alemanha (Fotos: Cris Thomé/Divulgação OMI)

A Orquestra Municipal de Imigrante – OMI, com regência do Maestro Astor Jair Dalferth, coreógrafa Leocárdia Stapenhorst e composta por 16 músicos, iniciou neste mês de dezembro a sua Turnê Regional.

O projeto viabilizado pela Lei Rouanet, através do Ministério da Cultura – MinC, tem patrocínio da Metalúrgica Hassmann e realiza apresentações em 10 municípios da região. A estreia ocorreu na noite de domingo, dia 09, com apresentação em Westfália. Além de Westfália serão contemplados os municípios de Arroio do Meio, Teutônia, Roca Sales, Encantado, Garibaldi, Estrela, Venâncio Aires, Lajeado e Imigrante.

Em Arroio do Meio a apresentação ocorre nesta quarta-feira, dia 12 de dezembro, com início às 19h30min, na Igreja São Caetano. Na sexta-feira (14), o show ocorre no Colégio Alfredo Schneider, em Teutônia, com início às 20 horas. E na quarta-feira, dia 19, as apresentações de 2018 findam na cidade de Roca Sales, com o show em frente ao STR, na Av. General Daltro Filho, com horário a definir.

A Orquestra Municipal de Imigrante

A OMI iniciou suas atividades em março de 1993, numa iniciativa da Administração Municipal. A distribuição instrumental é de uma ‘Big Band Standard’, com naipes de saxofones, trompetes, trombones, apoiados rítmico e harmonicamente por teclados, bateria, guitarra e contrabaixo.

Seu repertório é constituído de temas da MPB, Jazz, música Latino-americana, cinema mundial, e folclore italiano e alemão. Desde 2004, juntamente ao trabalho musical, a orquestra mostra um trabalho de expressão corporal, dançando e desenvolvendo coreografias que estimulam uma troca de energia e emoções com o seu público.

Ao longo de sua trajetória executou vários projetos aprovados pelo Ministério da Cultura, assim, divulgando a música instrumental em várias cidades do Rio Grande do Sul. A Orquestra participou das gravações dos CD´s: ‘Imigrante’ e ‘Música e Vida’ volume I, em 1996 e volume II, em 2003.

Em 2013 realizou Turnê na Alemanha. Foram 17 dias no país europeu, realizando dez concertos oficiais, participando de atividades e de workshops em diversas cidades.

Atualmente, recebe uma subvenção mensal da Prefeitura de Imigrante, visando amenizar os custos dos músicos e incentivá-los para novos desafios. A orquestra realiza ensaios semanais e seus músicos são formados pelas oficinas de música mantidas pela administração municipal.

Dentro do projeto aprovado pelo MinC “Turnê Regional” está realizando 10 apresentações em cidades da região. “Todas essas iniciativas estão consolidando o trabalho e fazendo com que a OMI seja conhecida e admirada por onde passa”.

Texto: Jornal O Imigrantense