Segurança Negócios Lajeado

Pacto Lajeado pela Paz promove curso de Facilitadores da Paz voltado a organizações

Equipe formada da BRF

O projeto “Facilitador de Diálogos para Empresas”, integrante do projeto Pacto Lajeado pela Paz, da Prefeitura de Lajeado, está avançando para disseminar a cultura de paz também dentro das organizações. O projeto, que capacita colaboradores de empresas de Lajeado, já formou 24 facilitadores da paz.

Conforme a coordenadora da Justiça Restaurativa do Pacto Lajeado pela Paz, Tânia Rodrigues, que ministra o curso, o objetivo é formar facilitadores de Círculo de Diálogo para atuar na prevenção de conflitos, fortalecendo as relações de trabalho e promovendo o diálogo, bem como sensibilizar lideranças das organizações para utilizarem a metodologia dos processos circulares nas empresas.

– Os encontros possibilitaram momentos de conexão, acolhimento e solidariedade entre os trabalhadores de grandes empresas. A experiência tem sido maravilhosa até agora. As lideranças das empresas têm se mostrado interessadas e sensibilizadas. Muitos já realizaram alguma vivência em seu ambiente de trabalho, o que nos mostra que o Pacto está alcançando e fazendo a diferença na vida de muitas pessoas – disse Tânia.

Para a capacitação, são formados grupos pequenos de pessoas para que sejam respeitadas as medidas sanitárias e de distanciamento social em razão da pandemia. Entre os conteúdos abordados, estão os conceitos e os princípios da Justiça Restaurativa (veja mais abaixo), práticas restaurativas, vivência de facilitador e comunicação não violenta, uma das práticas da Justiça Restaurativa.

A analista de Recursos Humanos da Minuano, Eduarda Lenz Elkin, contou que a participação nos encontros foi uma experiência diferente de muito aprendizado.

– A cada novo encontro, me sentia mais conectada com meus colegas e comecei a olhar para eles de maneira diferente. Percebi também a mudança deles a cada encontro, alguns estavam bem retraídos no início e com um pouco de estranheza. Mas durante o curso, e principalmente no último dia, ficaram totalmente conectados com o grupo e com a experiência, porque conhecemos um ao outro de maneira mais profunda. Acredito que isso vai impactar no dia a dia de cada uma das equipes – contou a funcionária, que está entre os 10 colaboradores da empresa que receberam capacitação no início de agosto.

Ao todo, o Pacto Lajeado pela Paz já formou 180 facilitadores da paz, entre servidores municipais, autoridades, pessoas da comunidade e de organizações.

Saiba mais sobre a Justiça Restaurativa

– A Justiça Restaurativa é definida como um princípio de vida e também pode ser entendida como uma filosofia. Por meio de práticas, ela busca promover harmonia para a construção de uma comunidade saudável.

– Uma de suas principais metodologias, os Círculos de Construção de Paz Não Conflitivos, são realizados em todos grupos da comunidade

Informações sobre o projeto “Facilitador de Diálogos para Empresas”

– Público-alvo (máximo 12 pessoas por turma): diretores, líderes de setor e demais funcionários da empresa

– Carga-horária: 20 horas-aula por curso

– Instrutora: Tânia Fröhlich Rodrigues é assistente social, especialista em Metodologia do Trabalho com Família. Também é instrutora em Círculos da Construção da Paz em Aplicação Não Conflitiva da Justiça Restaurativa e Facilitadora Judicial de Círculos de Construção de Paz Conflitivos e Não Conflitivos. Possui formação em Comunicação Não Violenta pela Universidade do Ser e Mindfulness pela PUC-RS. Pós-graduanda em Comunicação e Marketing pela Faculdade Estratego.

– Empresas interessadas em participar podem entrar em contato com a coordenadoria do Pacto Lajeado pela Paz, pelo telefone 3982-1028 ou pelo e-mail pacto@lajeado.rs.gov.br

Assessoria de Imprensa de Lajeado