RS RSS Os Vales em Notícia Lajeado

Pacto pela Paz começa a ser estruturado em Lajeado

Kopittke afirmou que em até três meses pacto deve estar formulado

A Prefeitura de Lajeado iniciou nesta quarta-feira (06/02), a estruturar o Pacto pela Paz, iniciativa que tem a ajuda do consultor Alberto Kopittke, diretor executivo do Instituto Cidade Segura, ONG que atua na área da segurança pública, e que foi contratado pela Prefeitura de Lajeado para ajudar na condução do programa Pacto pela Paz. Durante o encontro realizado no salão de eventos da prefeitura, que reuniu o prefeito Marcelo Caumo, vice-prefeita Gláucia Schumacher, os secretários municipais e os servidores que atuam com ações que, direta ou indiretamente, contribuem para redução da violência na cidade, além do promotor Sérgio Diefenbach, foi apresentada a equipe do Instituto que trabalhará na condução do pacto. Inicialmente, foram apresentadas metodologias e exemplos do que vem sendo realizado pelo instituto na área da segurança pública, mostrando como o projeto está sendo desenvolvido em outras cidades e como ele foi implementado.

“Basicamente, o que fazemos é formular políticas públicas baseadas em evidências, desenvolvimento de metodologias de policiamento e prevenção baseadas em evidências e, produção e difusão do conhecimento baseado em evidências”, afirmou Kopittke, destacando que o objetivo é formular e pactuar, num prazo de até três meses, o pacto pela paz em Lajeado. Para tanto, a equipe de trabalho virá quinzenalmente a Lajeado para auxiliar no trabalho de formulação do plano e, posteriormente, na sua implementação. Vistas como estratégicas na prevenção da violência, as secretarias da Educação (SED), Cultura, Esporte e Lazer (Secel), Saúde (Sesa) e Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sthas) serão visitadas pela equipe do instituto nos dias 19 e 20 de fevereiro para apontamento das principais demandas das referidas pastas.

Ao final do encontro, o Executivo municipal apresentou dados pertinentes ao plano e o que já vem sendo realizado pelo município, por meio de diferentes secretarias, coordenadorias e departamentos, que contribuem para redução da violência em Lajeado.

Saiba mais

O Pacto pela Paz já está em desenvolvimento em cidades com Pelotas, Niterói (RJ) e Fortaleza e outras 20 cidades metropolitanas do Ceará. Com base em uma metodologia baseada em evidências (comprovação dos efeitos e do resultado das ações), o projeto se preocupa em prevenir a violência desde a gestação da criança até ações voltadas a jovens com comportamento violento. O objetivo é agir antes para prevenir problemas mais graves no futuro.

TEXTO E FOTO: Rafael Scheeren Grün