Segurança Solidariedade Lajeado

Pacto pela Paz é apresentado para diretores e coordenadores de escolas de Lajeado

O projeto Pacto Lajeado pela Paz foi apresentado nesta quinta-feira (14/03) para diretores e coordenadores das escolas municipais, estaduais e particulares de Lajeado. A apresentação foi feita pelo consultor Alberto Kopittke, diretor executivo do Instituto Cidade Segura, ONG que atua na área da segurança pública e que foi contratado pela Prefeitura de Lajeado para ajudar na condução do programa que buscará atuar na prevenção da violência no município.

Durante o encontro, realizado no Salão de Eventos da prefeitura e que reuniu o prefeito Marcelo Caumo, vice-prefeita Gláucia Schumacher, secretária de Educação (SED), Vera Plein, e o promotor Sérgio Diefenbach, foram apresentados os cinco eixos estruturais do Pacto Lajeado pela Paz: Prevenção Social, Urbanismo, Fiscalização Administrativa, Tecnologia, Policiamento e Justiça. Conforme Kopittke, será criado um Sistema Municipal de Prevenção, que funcionará baseado em indicadores e subdividindo em três níveis – primário, secundário e terciário – os esforços com foco na prevenção à violência. Ao explicar sobre o monitoramento de indicadores, o consultor exemplificou citando a prevenção à gravidez precoce, de maneira que os esforços dispensados para redução deste indicador sejam monitorados comparando seus números em diferentes períodos.

“O Brasil tem o sistema de justiça mais caro do mundo. Este sistema também é o mais ineficiente do mundo”, afirmou o consultor, salientando que seriam necessários em torno de R$ 6 bilhões anuais para operar um Programa de Prevenção à Violência no país, sendo que anualmente são gastos R$ 40 bilhões na administração dos presídios. “É um contrassenso, já que é muito mais barato o investimento na prevenção do que na correção”, completou Kopittke. Nestasexta-feira (15/03), às 13h30, no salão de eventos da prefeitura, será feita a apresentação do projeto Pacto Lajeado pela Paz para representantes de entidades do município.

Saiba mais

O Pacto Lajeado pela Paz já está em desenvolvimento em cidades com Pelotas, Niterói (RJ) e Fortaleza e outras 20 cidades metropolitanas do Ceará. Com base em metodologia baseada em evidências (comprovação dos efeitos e do resultado das ações), o projeto atua em ações para prevenir a violência desde a gestação da criança até ações voltadas a jovens com comportamento violento. O objetivo é agir antes para prevenir problemas mais graves no futuro.

 

Texto: Rafael Scheeren Grün
Foto: Pietra Darde
Assessoria de Imprensa de Lajeado – RS