Educação Teutônia

Palestra para comunidade escolar aborda a Cultura da Paz em tempos conturbados

Palestra foi direcionada para toda a comunidade escolar

Atividade integrou as ações desenvolvidas através dos Círculos de Construção da Paz na Escola Municipal Leopoldo Klepker. Palestra foi ministrada pelo promotor Sérgio Diefenbach

Na noite desta segunda-feira, dia 22 de abril, a Escola Municipal de Ensino Fundamental Leopoldo Klepker, do Bairro Alesgut, trouxe à comunidade escolar de Teutônia a palestra “Cultura da Paz em tempos conturbados”, ministrada pelo promotor Sérgio Diefenbach, de Lajeado. A atividade integrou as ações desenvolvidas no educandário através dos Círculos de Construção da Paz.

Diefenbach iniciou sua palestra refletindo sobre três questões: “Que filhos eu quero ter? Temos controle sobre o futuro? Que pai eu quero ser?”. Ele lembrou que os pais e professores têm importância fundamental e crucial na vida das crianças e adolescentes. “Não como conselheiros ou orientadores, mas, sim, como exemplos de vida para eles”, frisou.

O promotor colocou que é comum pais e professores criarem sonhos e expectativas em reação aos filhos e alunos, desejando os rumos que os mesmos devem seguir. “No entanto, precisamos pensar em que pais ou em que professores queremos ser, como podemos ser melhores adultos para melhor influenciar na vida das crianças e adolescentes. Isso porque não temos poder de decisão sobre o futuro deles, mas temos muito poder de influência no que se chamam fatores de proteção e fatores de risco”, expôs.

Conforme o palestrante, os adultos, em especial a família, a escola e a comunidade, podem contribuir no fortalecimento dos fatores de proteção e no enfraquecimento dos fatores de risco. “Isso não será garantia de nada, mas seguramente será a pavimentação de um caminho para que eles possam trilhar algo mais saudável do que muitas vezes a gente vê e se decepciona. Precisamos desenvolver uma cultura de paz, uma comunicação menos violenta e transformar o ambiente familiar e escolar, gerando efeitos positivos e pacificadores na mente e no comportamento dos filhos ou alunos”, salientou.

Atividades semelhantes voltadas à comunidade escolar ainda serão desenvolvidas pela escola ao longo do ano, dentro da proposta dos Círculos de Construção de Paz. Para setembro, já está prevista a palestra com a tenente-coronel da reserva da Brigada Militar Nádia Gerhard.

Segundo a diretora da Escola Leopoldo Klepker, Roseli Hartmann, colocou que o educandário faz um movimento em favor da cultura de paz e da não-violência, onde há vários anos são trabalhadas questões como o bullying, o ciberbullying, o relacionamento e a afetividade. “Em termos gerais, procuramos resolver os conflitos de uma maneira mais perspicaz através do diálogo e fazer perceber no aluno que tudo que a gente faz na vida tem alguma conseqüência”, pontuou.

Roseli acrescentou que, quando acontece algum conflito, se cria um círculo onde se conversa sobre aquela situação. “Esse olhar sobre a realidade tem nos proporcionado alguns movimentos bem interessantes. Através dos Círculos de Construção da Paz, o aluno também tem a oportunidade de se expressar, ouvir, falar e aprender a respeitar o outro”, enalteceu.

 

Édson Luís Schaeffer
Assessoria de Imprensa Prefeitura de Teutônia