Social Vale do Taquari Eventos

Palestra sobre gestão de empresas contábeis marca celebração do Dia do Contador no Sincovat

Evento foi prestigiado por associados e demais profissionais contábeis

Para marcar a passagem do Dia do Contador, celebrado no dia 22 de setembro, o Sincovat recebeu associados e demais profissionais nesta terça-feira (24) para um café da manhã seguido de palestra com o consultor em Gestão Estratégica e personal coach Marcelo Bernardes. Autor do livro “Empresas contábeis – um mundo de oportunidades”, ele explorou trechos de sua obra elaborada a partir da experiência com implementação de sistemas de gestão na contabilidade para instigar uma reflexão sobre o ambiente organizacional e as maneiras de se melhorar os resultados das empresas e o desempenho das pessoas. Segundo Bernardes, é cada vez mais importante encontrar alternativas para conciliar aspectos pessoais e profissionais: “O grande desafio da gestão é tirar tempo para pensar no nosso negócio e na nossa vida”.

Ao citar o advento da 4ª Revolução Industrial, o consultor ressaltou as mudanças frenéticas do mundo moderno, especialmente as relacionadas à tecnologia e ao conhecimento, as quais são ainda mais aceleradas no ramo contábil. Essa nova realidade traz ganhos de tempo e processos, mas exige uma constante qualificação. “A tecnologia não é uma questão de gostar ou não. É uma questão de se adaptar e de utilizá-la a seu favor”, afirmou.

Entre os capítulos de destaque em seu livro, Bernardes chamou atenção para aquele que faz referência aos contadores que viraram empresários, alertando que se tratam de funções completamente diferentes e que é necessário, além de cursos e treinamentos, o desenvolvimento das habilidades de liderança e gerenciamento. “A qualificação de contador é fundamental para que eu seja um empresário contábil, mas só ela não basta para que eu tenha sucesso”, ponderou. De acordo com ele, não cabe ao gestor do negócio se envolver em tempo integral com o operacional, mas sim pensar nas estratégias e alternativas, representando a figura de referência e orientação para o cliente. Para o profissional, as operações podem ser substituídas por máquinas e até mesmo outras pessoas, porém o relacionamento e a confiança que caracterizam a essência da contabilidade é o que realmente interessa.

Em sua abordagem, Bernardes também falou sobre a dificuldade do empresário contábil em cobrar por seus serviços e valorizar seu trabalho, especialmente quando se tratam de pessoas mais próximas ou amigos, o que afeta diretamente o resultado da organização. Ele sugeriu que sempre se considere a dedicação, o tempo e a responsabilidade empregados em cada serviço, os quais merecem ser recompensados. “Quando a pessoa não sabe se valorizar, além de não ganhar dinheiro, ela passa uma imagem ruim para seu cliente”, advertiu.

O consultor ainda discorreu sobre a administração de processos e os problemas de gerenciamento do tempo oriundos da falta de regras, as quais envolvem planejamento, definição de metas e direcionamento de recursos. Da mesma forma, ele enalteceu a importância da equipe e o efeito da liderança sobre ela: “O líder não ensina o que ele diz, ensina o que é”. Bernardes também conversou sobre gestão de clima, feedback e a existência de um ambiente que possibilita o crescimento profissional. Ele finalizou apontando a necessidade de o empresário ter uma atitude mais proativa do que reativa, deixando de lado a omissão e as desculpas para encarar os problemas e ser protagonista de seus negócios e suas ações.

 

 

Assessoria de Imprensa Sincovat