Vale do Taquari RS RSS Destaques Turismo

Passeio experimental no trem Maria Fumaça encanta passageiros e comunidade

Locomotiva passou por diversos municípios do Vale do Taquari. No dia 12 acontece a terceira e última viajem demonstrativa pela região.

Embarque ocorreu em Guaporé (Fotos: Vanessa Paliosa)

Após cerca de 20 anos um trem Maria Fumaça Mallet, de 1950, feita com diesel-vapor, andou com passageiros pelos trilhos da Ferrovia do Trigo, por cerca de 6h, levando prefeitos, convidados e imprensa que puderam contemplar as belezas naturais do Vale do Taquari, entre Guaporé e Colinas.

A todo momento olhos atentos, câmeras e celulares ligados. O apito e a fumaça avisavam a quem esperava ansioso pela atração nos mais diversos pontos nos municípios. Os nove vagões, transportando cerca de 50 pessoas, percorreu 27 túneis e 16 viadutos, nos quais possibilitaram uma vista privilegiada da mata nativa, dos rios e riachos e das cidades.

O passeio contou com serviço de bordo, onde cada passageiro recebeu uma caixinha com produtos feitos na região, composta por um mini-cake colonial, morangos, cri cri, chocolates, água e suco. Além disso, uma sacola da Amturvales com folheteria das rotas e roteiros da região foi entregue. O diretor de promoções da Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF), Everaldo Pilz, interagiu com os viajantes que puderam conhecer um pouco mais sobre a história do trajeto.

Do vagão passageiros puderam contemplar uma linda vista

Durante o percurso, foram feitas três paradas: na estação de Muçum, Roca Sales e Colinas. O embarque, em Guaporé, aconteceu por volta das 17h. Na Cidade da Amizade, a recepção calorosa da comunidade foi com música, gastronomia alemã e italiana e grupo de danças. Com o anoitecer as luzes e a decoração natalina abrilhantou ainda mais a locomotiva, encantando os viajantes e as famílias do lado de fora, que seguiu viagem na companhia do Papai Noel.

Na chegada, em Colinas, fogos de artificio e uma multidão aguardavam pela atração, que devido ao mau tempo não seguiu o trajeto até Estrela como estava previsto inicialmente.

Passeio eventual:

Passagem pelo V13 foi um dos momentos mais esperados pelos viajantes

De acordo com o presidente da Amturvales, Rafael Fontana, a intenção é liberar os passeios para o público em geral em agosto de 2019. Para tanto é necessário testes, que estudam o trajeto percorrido, as condições das estações, do trem e da ferrovia. Após esse levantamento técnico é preciso regularizar a documentação em Brasília, bem mais complexo que para um passeio demonstrativo como este. “Sabemos que essa passagem da Maria Fumaça, gera uma forte expectativa, nas pessoas, que adorariam participar desse passeio. Porém, precisamos antes, atender e viabilizar diversas normas e exigências legais, especialmente de segurança que envolve o transporte de passageiros. Almejamos implantar o trem de passageiros, com a finalidade turística, histórico e cultural, para tanto, temos muito trabalho pela frente, não é um projeto simples e fácil, por isso precisamos contar com a compreensão e apoio da nossa comunidade, bem como continuar com a parceria dos municípios envolvidos e dos empreendedores. O avanço do turismo no Vale do Taquari também deve ser inspirado neste exemplo. A Amturvales sabe do desafio de ajudar a construir esta nova ferramenta na economia regional, que será edificada a médio prazo, como um elo de integração de culturas e fortalecendo a esperança com o futuro”, destacou.

Saiba mais:

O projeto Nos Trilhos do Natal é uma iniciativa da ABPF e Rumo Logística e foi realizado em parceria com a Amturvales e com o apoio do Sicredi. “Agradecemos a RUMO e ABPF, por nos incluir no projeto, permitindo que nossos moradores contemplem a passagem da locomotiva e seus vagões iluminados e decorados, em homenagem aos 40 anos da construção da nossa Ferrovia e ao período natalino”, enaltece Fontana.

Locomotiva toda iluminada e decorada para o Natal encantou

No último dia 29 de novembro ocorreu o primeiro passeio e, no próximo dia 12 de dezembro, acontece a terceira e última viagem demonstrativa, na qual o embarque acontece em Colinas e segue até a cidade de Muçum.

Texto: Ascom Amturvales