Melhor Idade Paverama

Paverama participa da 1ª Conferência Regional da Pessoa Idosa

Na quinta-feira, dia 28, a Administração Municipal de Paverama, através do Centro de Referência em Assistência Social participou da 1ª Conferência Regional da Pessoa Idosa, que ocorreu em Teutônia.

A atividade envolveu os municípios de Westfália, Poço das Antas, Paverama e a cidade anfitriã. Os debates giraram em torno da temática: “Os desafios de envelhecer no século XXI e o papel das políticas públicas”.

A abertura foi feita pelo Prefeito de Teutônia Jonatan Brönstrup e pela presidente do Conselho Municipal do Idoso de Teutônia Liane Brackmann. Após houve a leitura do regimento interno por representantes dos 4 Municípios. Em seguida tomou a palavra a Vice Presidente do Conselho Estadual da Pessoa Idosa e Assistente Social do Departamento de Assistência Social do Estado do RS, Ana Maria Almeida Duarte.

Durante a atividade houve debates em grupos com os apontamentos das prioridades a serem levadas para a Conferência Estadual. Na oportunidade foi feita a eleição dos delegados do município de Teutônia e dos participantes dos outros 3 municípios que irão representa-los na Conferência Estadual.

A organização e preparação da 1ª Conferência Regional da Pessoa Idosa se deu pelos Centros de Referência em Assistência Social dos 4 municípios juntamente com o Conselho da Pessoa Idosa de Teutônia.

O CRAS de Paverama foi representado pela coordenação, profissionais e usuários dos serviços. Também houve a participação da Secretaria Municipal de Saúde, através do Enfermeiro Jackson Keil. Representando o Executivo Paveramense participou a Secretaria de Administração e Fazenda Ingrid M. Strauss, além de representantes da Pastoral da Saúde, da Instituição de Longa Permanência para Idosos- Lar Porto Seguro e do vereador Solferino Alves da Silva.

“Vários segmentos, grupos e sociedade em geral foram convidados a debater sobre o assunto, começando pelo Fórum Municipal da Pessoa Idosa que ocorreu em fevereiro no CRAS. Ressaltamos que é muito importante pensarmos em políticas setoriais de atendimento aos idosos pois precisamos nos preparar para o envelhecimento populacional. O Brasil se tornará a sexta maior população idosa do mundo em 2030, representado assim um desafio enorme para o sistema de Seguridade Social, composto por Saúde, Previdência Social e Assistência Social” destacou a Coordenadora do CRAS Sandra S. Lorenzetti Roloff.

 

 

Jêison Lauri da Rosa
Assessoria de Imprensa de Paverama.