RS Educação RSS Roca Sales

Peça teatral aborda o abuso sexual infantil para conscientizar alunos


Escolas municipais e particulares do município foram convidadas a assistir o espetáculo (Foto: Divulgação)

O abuso infantil é mais comum do que se imagina. Pesquisas indicam que cerca de 70% dos estupros denunciados, sejam em crianças e adolescentes menores de 18 anos. Em cerca de 95% dos casos, os agressores são pessoas próximas das vítimas, como familiares, padrastos e amigos da família.

Os números são muito maiores, pois grande parte das vítimas não denuncia, seja por medo do agressor, vergonha ou por achar que ninguém acreditará na sua história. O abuso sexual, físico ou psicológico, tem consequências graves para a vida da criança e deve ser denunciado.

Pensando em conscientizar as crianças, adolescentes e professores de Roca Sales, o COMDICA (Conselho Municipal da Criança e Adolescente) trouxe a peça teatral “Quando o Silêncio Gritar”. O espetáculo tratou do assunto de forma natural, demonstrando as consequências na vida da vítima.

Foram convidados para assistir o teatro as escolas municipais Sagrada Família, Perpétuo Socorro e Dom Pedro I, as particulares São José e CEAT Região Alta e a estadual Padre Fernando. Os resultados foram positivos, já que todos os presentes foram tocados pelo assunto de alguma forma. O primeiro passo para ajudar quem precisa é entender o assunto e ter a coragem de falar sobre ele, seja com a família ou com os professores.

As denuncias podem ser feitas anonimamente, através dos números 100 (Direitos Humanos, 181 (Polícia Civil), 190 (Brigada Militar) ou no 3753 – 1585 (Conselho Tutelar). O abuso sexual é crime, estabelecido no artigo 217 do Código Penal Brasileiro, com penas que variam de 8 a 30 anos de prisão.

Texto: Ascom Roca Sales