Artigos - Saúde e Bem-estar

“Peso ideal x saúde” este é o artigo da nutricionista Eliana Giacobbo

eliana-giacobbo-nutricionista-coach-de-emagrecimentoCada vez mais as palavras dieta, educação alimentar, perda de peso, atividades físicas e tudo o que for relacionado a boa forma física fazem parte das rodas de conversa. Algumas pessoas buscam melhorar a autoestima, outras buscam melhorar a saúde, outras ainda querem somente manter-se no peso “ideal”.

Mas o que é ter o peso ideal? Existe realmente um peso ideal para cada indivíduo? De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde) estar no peso normal ou eutrofia, no caso de um adulto, significa estar com um IMC (Índice de Massa corporal) entre 18,5 e 24,99kg/m2. Para se calcular o IMC em adultos é utilizada a seguinte fórmula: IMC = peso / (altura)2.

Porém, nem sempre estar dentro desta faixa de peso ideal significa que o indivíduo esteja saudável, pois muitas pessoas estão dentro destes limites, mas costumam ter maus hábitos alimentares e de vida. Por exemplo: de que adianta estar com o IMC “normal” se a alimentação é à base de produtos ultraprocessados, muito industrializados, com grandes quantidades de produtos químicos que fazem parte da lista de ingredientes.

Nestes casos, o indivíduo pode estar dentro do peso normal para sua altura, mas a sua saúde pode não estar tão bem assim como a tabela mostra. Outro importante ponto a destacar é que existem pessoas que se alimentam com maior quantidade de alimentos, porém mais saudáveis, malham muito, fazem exercícios que aumentam a massa muscular (massa magra), possuem baixa porcentagem de gordura e quando sobem na balança o resultado é de excesso de peso, mostrando um IMC acima do considerado “normal”, mas nesses casos o indivíduo pode estar super saudável.

Portanto, o cálculo do IMC é importante para ser uma referência, mas não pode ser a única. É sempre importante pensar que a saúde depende de vários fatores como consumir, preferencialmente, produtos mais naturais e menos processados possíveis, com baixa quantidade de açúcares e farinhas refinadas, se possível orgânicos ou agroecológicos, o que nem sempre é fácil ou até possível. Mas a saúde também depende do estilo de vida que cada indivíduo leva, como reservar um tempo para descansar, para a família, para se alimentar, para praticar um esporte que gosta e buscar um equilíbrio entre corpo, mente e espírito. Ninguém disse que é fácil, porém quando as pessoas conseguem o equilíbrio na vida, o peso ideal simplesmente vira consequência do processo e a vida fica muito mais leve, em todos os sentidos.

Eliana Giacobbo – Nutricionista Coach de Emagrecimento