Artigos - Educação

Pesquisa e experiência possibilita acadêmica identificar como ser um bom líder

Juliana recebeu o diploma no dia  20 de janeiro (Foto: Arquivo pessoal)

Atuando há cinco anos como líder na empresa Di Hellen Cosméticos, Juliana Melo da Silva buscou, através do Trabalho de Conclusão de Curso, identificar qual a melhor forma de liderar equipes em empresas que, atualmente, sofrem constantes mudanças. “Como líder e com base nas minhas experiências profissionais não podia escolher outro tema que me desse tanto prazer em falar. Liderar faz parte do meu dia a dia e desempenho esse papel com muito carinho”, relata.

O primeiro passo foi realizar um levantamento de dados onde puderam ser identificados diversos estilos de liderança e qual o impacto de cada um sobre os colaboradores. A partir disso, a aluna uniu a teoria com a experiência adquirida ao longo desses anos. “Cada líder com quem eu trabalhei como liderado e os que eu passei a ter contato como líder tinham suas particularidades. Por ter vivido dos dois lados eu tinha conhecimento da reação dos colaboradores com cada tipo de líder e até mesmo como eu me sentia estando no papel de colaboradora. Buscar informações de como esses lideres agem teoricamente e juntar minha vivencia foi o grande desafio deste trabalho”, revela.

Segundo Juliana, ao longo do processo pode se auto avaliar. “Ao mesmo tempo em que pesquisava cada estilo de liderança eu procurava entender em qual me encaixava. Avaliava cada situação e a forma de reação que ela exigia. Aproveitei deste período para melhorar meu desempenho e de minha equipe”, conta.

Ao final do tcc o objetivo foi alcançado e concluiu-se que é necessário buscar as características positivas de três lideranças. “Dos vários estilos de liderança existentes, abordei os três que acho principais e mais utilizados: autocrático, democrático e liberal. Neste período busquei me identificar em um estilo, mas acabei notando que tinha característica dos três dependendo da situação em que me encontrava. Concluí então que o líder age de acordo com a situação e de acordo com o grupo que ele trabalha, pois o papel fundamental do líder é saber desenvolver e guiar seus liderados”, explica.

A administradora, que recebeu seu diploma no dia 20 de janeiro, explica que o trabalho realizado veio a somar ainda mais para desempenhar a função de líder onde atua. “O trabalho me tirou do automático, me deixou mais pensativa, comecei a buscar pontos positivos e negativos em cada líder com que tinha contato, passei a rever minhas atitudes. Busco sempre fazer o melhor pela minha equipe e pela minha empresa, o líder influencia muito. O liderado precisa estar seguro para desempenhar bem o seu trabalho e o tcc me deu essa visão”, afirma.

Com relação ao curso, Juliana fala que passar por esta formação foi além de suas expectativas. “Ele (o curso) te dá um conhecimento de todos os setores da empresa. Inicie querendo aprender mais na área de liderança e acabei aprendendo sobre Relações Humanas (RH), qualidade e logística que são setores ligados diretamente ao setor que atuo e que eu não tinha ideia de como funcionava”, enfatiza.

“Quando comecei o curso a LUMECEP não tinha ainda a estrutura que tem hoje, mas sempre teve ótimos professores e ensino de qualidade, com preço acessível e horário adequado para quem trabalha como eu, pois ir à outra cidade estudar não seria possível. Vi na LUMECEP a oportunidade de me especializar”, relata.

Texto: Portal Região dos Vales