RSS Rural - Agricultura Destaques Colinas

Piscicultura é tema de encontro em Colinas

Piscicultores de Imigrante e Colinas estiveram reunidos (Foto: Divulgação)
Piscicultores de Imigrante e Colinas estiveram reunidos (Foto: Divulgação)

Um grupo de piscicultores de Imigrante e Colinas esteve reunido nesta terça-feira (19), na Câmara de Vereadores de Colinas, para uma reunião sobre piscicultura. A atividade é parte de um trabalho iniciado há cerca de dois anos pela Emater/RS-Ascar – com o apoio de ambas as administrações municipais -, com o objetivo de qualificar a produção de pescado em ambos os municípios. De lá para cá, temas como manejo de viveiros, qualidade da água, sistemas de produção e manutenção das características físico-químicas dos viveiros têm sido abordados em atividades teóricas e práticas.

No encontro do dia, o assistente técnico regional em Sistema de Produção Animal da Emater/RS-Ascar, João Sampaio, tirou dúvidas do público presente sobre temas como produção de tilápias, tratamentos contra parasitas, introdução de alevinos, alimentação dos peixes e outros cuidados. “A intenção foi ouvir do grupo a respeito de seus anseios, promovendo ainda a troca de experiências entre os envolvidos”, salienta. O próximo encontro, quando será abordado o processamento de pescado, está marcado para os dias 21 e 22 de novembro, no salão comunitário da Linha 31 de Outubro, em Colinas.

Com oito viveiros para peixes na propriedade em que divide com o marido, a agricultora Ane Wathier da Linha Roncador, em Colinas, valoriza as capacitações que possibilitam o aperfeiçoamento da atividade. “No começo tivemos perdas e, agora, sabendo a quantidade certa de alevinos para colocar em cada açude, manejando melhor o pH ou mesmo a alimentação, a tendência é de qualificar a produção”, analisa. Dos oito açudes, a metade deles foi construída recentemente e adota o sistema semi-intensivo com a utilização de carpas capim, húngara, prateada e cabeça-grande. “É um sistema mais equilibrado”, explica.

Em Colinas, 12 agricultores investem na piscicultura como uma alternativa de renda nas propriedades. “Mas certamente mais de 30 produtores possuem açudes no meio rural”, ressalta a extensionista da Emater/RS-Ascar, Lídia Dhein. A intenção é atrair novos produtores e principalmente incentivar aqueles que já se dedicam a atividade para que esta possa ser incrementada. “Estar atento a detalhes como a temperatura da água, a sua cor e transparência, com açudes mais equilibrados em relação a nutrientes ou mesmo na hora de inserir os alevinos, pode ser garantia de sucesso na atividade”, pondera Sampaio.

O encontro contou com a participação de autoridades, como a prefeita em exercício do de Colinas, Regina Sulzbach, o coordenador da Agricultura e Meio Ambiente do município, Marco Rohr e o supervisor da Emater/RS-Ascar, Álvaro Mallmann. Regina valorizou a ação realizada em parceria com a Emater/RS-Ascar ressaltando a importância do aumento da oferta de pescados, como forma de incluí-la na alimentação dos munícipes. “A cada dia as alternativas saudáveis são mais procuradas cabendo a nós, gestores, o incentivo a eles”, comentou.

Texto: Ascom Emater