RSS Rural - Agricultura Destaques Forquetinha

Podas e tratamentos de inverno em frutíferas de clima temperado são temas de tarde de campo em Forquetinha

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Um grupo de produtores do município de Forquetinha esteve reunido na quinta-feira (28), na propriedade do agricultor Sélio Antônio Guzon, da localidade de Bauereck, para uma tarde de campo sobre podas e tratamentos de inverno em frutíferas de clima temperado. A atividade dá continuidade às ações em fruticultura que tiveram início no último mês de maio, com os objetivos de promover a diversificação do pomar por meio da produção de frutas o ano todo e também garantir a segurança e a soberania alimentar das famílias a partir de cultivos livres de agroquímicos.

Na ocasião, o assistente técnico regional em Sistema de Produção Vegetal da Emater/RS-Ascar, engenheiro agrônomo Derli Paulo Bonine, apresentou de forma prática as técnicas adequadas para podas de formação em pomares de figueiras e pereiras, ressaltando ainda o melhor período para sua execução. Também a elaboração de mudas esteve na pauta de sua apresentação. Em seguida, o técnico em agropecuária da Emater/RS-Ascar de Forquetinha, Élder Leitzke, realizou demonstrações sobre tratamentos de inverno com caldas sulfocálcica e bordalesa e também com pasta bordalesa.

Ainda que esteja habituado ao trabalho em fruticultura – são 19 anos de atuação -, para o anfitrião do dia, a possibilidade de receber técnicos e outros agricultores em sua propriedade representa uma oportunidade rica para a troca de conhecimentos. Em sua propriedade, além das frutas já citadas, é possível encontrar pêssegos, abacates, bergamotas, laranjas e goiabas. “O fato de a propriedade ser bem diversificada, aliada à experiência do Sélio na área, também foram fundamentais na hora de selecionar o local em que o evento ocorreria”, observa Bonine.

Guzon entrega sua produção – que é complementada ainda por hortaliças como alface, repolho, couve chinesa, brócolis e couve-flor, entre outras – no município, em restaurantes e por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae). “Fui agricultor a minha vida toda e sempre gostei daquilo que faço”, salienta o produtor, que divide a propriedade com a esposa Lourdes. No local há também açudes para a piscicultura e cerca de 30 caixas de abelhas para a produção de mel. “Este último é um assunto que adoro e já dei até curso para outros agricultores e estudantes”, garante.

O evento, organizado pela Emater/RS-Ascar, com o apoio da Prefeitura Municipal e do Sicredi, contou ainda com a presença do supervisor João Caíno, que valorizou a parceria entre Emater/RS-Ascar e a Sicredi para a execução de cursos em centros de treinamento no Estado. Foi justamente este o caso do jovem produtor Anderson Dinei Bald, da localidade de São Vitor, que realizou o curso de Fruticultura I – Módulo Básico no Centro Regional de Formação Profissional de Agricultores de Nova Petrópolis (Cetanp). Sua intenção, para o futuro, é instalar um pomar de peras e figos.

Texto: Ascom Emater